segunda, 10 de dezembro de 2018
Homenagem
Compartilhar:

Cão dos Bombeiros ganha certificado por salvamento

Lucilene Meireles / 06 de dezembro de 2018
Foto: Diculgação
O cão ‘Nego’, do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) ganhou certificação internacional para atuar em busca de vítimas junto a seu treinador, o tenente Ricardo Mendes. A conquista do binômio, como é chamada a dupla, aconteceu após uma bateria de provas, realizada até o último sábado, dia 1º, na cidade de Xanxerê (SC). Ao todo, foram 15 participantes, dos quais apenas nove garantiram a certificação.

“A gente, do Corpo de Bombeiros, tem trabalhado com resgate de pessoas, e o trabalho com cães é desenvolvido em outros lugares. Na Europa, há grupos especializados nessa área. Pensando nisso, os bombeiros do país têm se organizado e criado uma certificação. Este ano, participamos da nacional em Foz do Iguaçu, fomos certificados após duas provas de busca urbana, como desastre, desmoronamento, e também na busca de pessoas perdidas em mata”, relatou o tenente.

Ambos participaram também da prova internacional do IRO, órgão internacional de cães de resgate. “A sede, na Áustria, avalia o nível do binônio homem-cão. É uma certificação com exigência maior. Para nós foi de imensa gratidão, por ver aprimoradas nossas técnicas. Estamos ainda engatinhando, mas é gratificante porque podemos compor, de repente, uma equipe internacional”.

O treinamento começa desde o nascimento do animal até completar um ano e meio. “É complicado porque estamos lidando com um ser que tem outro comportamento, mas o treinamento é constante e ele responde de acordo”.

A partir de agora, há treinamentos complementares e outras provas internacionais devem ser realizadas. “Essa me gabaritou a ser avaliado em outras de busca urbana internacional, em outro nível. Abriu as portas para fazer buscas mais complexas na área rural, urbana e envolve o conjunto como se fosse uma força tarefa de equipes montando uma ainda maior para autuar em ocorrências de grande dimensão”, completou.

Dois animais habilitados

O cão ‘Nego’, do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) ganhou certificação internacional para atuar em busca de vítimas junto a seu treinador, o tenente Ricardo Mendes. A conquista do binômio, como é chamada a dupla, aconteceu após uma bateria de provas, realizada até o último sábado, dia 1º, na cidade de Xanxerê (SC). Ao todo, foram 15 participantes, dos quais apenas nove garantiram a certificação.

“A gente, do Corpo de Bombeiros, tem trabalhado com resgate de pessoas, e o trabalho com cães é desenvolvido em outros lugares. Na Europa, há grupos especializados nessa área. Pensando nisso, os bombeiros do país têm se organizado e criado uma certificação. Este ano, participamos da nacional em Foz do Iguaçu, fomos certificados após duas provas de busca urbana, como desastre, desmoronamento, e também na busca de pessoas perdidas em mata”, relatou o tenente.

Ambos participaram também da prova internacional do IRO, órgão internacional de cães de resgate. “A sede, na Áustria, avalia o nível do binônio homem-cão. É uma certificação com exigência maior. Para nós foi de imensa gratidão, por ver aprimoradas nossas técnicas. Estamos ainda engatinhando, mas é gratificante porque podemos compor, de repente, uma equipe internacional”.

O treinamento começa desde o nascimento do animal até completar um ano e meio. “É complicado porque estamos lidando com um ser que tem outro comportamento, mas o treinamento é constante e ele responde de acordo”.

A partir de agora, há treinamentos complementares e outras provas internacionais devem ser realizadas. “Essa me gabaritou a ser avaliado em outras de busca urbana internacional, em outro nível. Abriu as portas para fazer buscas mais complexas na área rural, urbana e envolve o conjunto como se fosse uma força tarefa de equipes montando uma ainda maior para autuar em ocorrências de grande dimensão”, completou.

Relacionadas