domingo, 25 de outubro de 2020

Golfe
Compartilhar:

Cearense é campeão do Aberto da Paraíba de Golfe, em Bananeiras

Redação / 29 de maio de 2017
Foto: Divulgação
O jovem Max Lima, de 19 anos, conquistou neste domingo (28) o título da 6ª edição do Aberto de Golfe da Paraíba, disputado no Águas da Serra Golf Club, em Bananeiras (PB). Representante do Clube de Golfe Aquiraz Riviera, do Ceará, ele conquistou o título de virada para ser bicampeão da competição.

Max começou a rodada final a uma tacada do então líder, Josivaldo Leite de Barros, do Miriti Golf Club, do Pará. "Fui buscar o resultado", disse Max. "O campo de Bananeiras parece fácil, mas é muito difícil, pois tem muitos obstáculos", completou.

O campeão totalizou 130 tacadas, contra 140 de Leite de Barros, que ficou com o segundo posto do pódio. Renato de Maia Neto, do Caxangá Golf Club, de Recife (PE), ficou em terceiro lugar, com 143.

O campeão da categoria de até 8,5 de handicap index foi Orlando de França Barbosa Júnior, com 139 tacadas, seguido por seu irmão, Regivan de França Barbosa, com 144 - ambos da Federação Pernambucana de Golfe. Geraldo Monteiro, do Aquiraz, foi o terceiro colocado, com 145.

A categoria de 8,6 a 19,4 foi conquistada por Caio Coutinho Beltrão, do clube anfitrião, com 128. O vice-campeão foi Michio Sato, do Amazon Country Club (PA), com 131, seguido por José Edgar Moura, do Águas da Serra, também com 131.

Paraíba também venceu

Jogadores paraibanos também fizeram bonito na categoria de 19,5 a 26,0. Antonio Ramalho foi o campeão, com 115, seguido por José Edon Moura, com 119. O terceiro colocado foi Sérgio Ludmer, do Caxangá, com 128.

Só deu a Paraíba também no pódio da categoria de 26,1 a 32,7. Leo Gustavo Coutinho Beltrão foi o campeão, com 87 pontos stableford, seguido por Igor Dantas, com 81, e por Lucas Costa, com 78.

A 6ª edição do Aberto da Paraíba reuniu mais de 60 competidores de seis estados diferentes - Paraíba, Pernambuco, Ceará, Pará, Distrito Federal e São Paulo. O torneio valeu para o ranking da Federação Pernambucana de Golfe.

"O golfe está crescendo muito na região. Bananeiras entrará para a história por seu pioneirismo na modalidade no Estado, que ainda será muito forte e representativa no País", diz Sebastião Neres, da NGA Golf, que desenhou e construiu o campo.

Bananeiras lotada

Os hotéis do município estavam praticamente lotados por conta dos competidores e suas famílias. Todos saíram satisfeitos de Bananeiras. "O Aberto da Paraíba é um dos melhores campeonatos que já disputei, e olha que jogo torneios por todo o Brasil", disse Mario Rios, presidente da Federação Pernambucana de Golfe, à qual o clube é filiado.

No sábado e no domingo, o profissional paulista Luiz Menezes deu clínicas de golfe gratuitas para os condôminos e visitantes. No sábado (27) , após a primeira rodada, aconteceu a abertura do evento, com show de música ao vivo e discursos dos organizadores e patrocinadores.

Inaugurado em março de 2011, o campo está localizado a 140 km da capital João Pessoa e a 150 km de Natal (RN). Tem 9 buracos e desafios diferenciados aos diversos níveis de jogadores.

Relacionadas