domingo, 25 de outubro de 2020

Geral
Compartilhar:

Zé Trovão lança novo disco ‘Mundo TREMporário’

André Luiz Maia / 24 de junho de 2017
Foto: Divulgação
Um artista que decide lançar um disco sobre questões existenciais, além de fazer duras críticas à, em sua opinião, mediocridade da música brasileira. Este é Zé Trovão, que ressurge em 2017 com o disco Mundo TREMporário, com treze faixas. Apesar do tema mais reflexivo, ele não perde seu bom humor característico.

Em entrevista ao CORREIO, ele fala sobre esse traço de personalidade que o identifica. "Eu sempre falo sobre as coisas com essa ótica bem-humorada e tudo acaba virando inspiração para composição. Esses tempos eu tive uma hérnia de disco, que acabou rendendo uma música em que eu faço graça de mim mesmo, sobre essa situação, sobre o corpo que falha, essa transitoriedade da carne e do osso", conta.

Além do carro-chefe Mundo TREMporário, o álbum traz faixas como "Fumante contra-auditório", "No tropeço da calçada", "Hérnia de disco", "A canalhice da Berenice", "Semente de lágrimas", "Armas mortas", "Em fim", "Margnífico", "Águia viva", "Bárbara", "E agora Drummond?", "Na valsa do tempo".

Sua proposta é apresentar canções com temas reflexivos e com produção refinada, um contraponto ao que ele observa no cenário atual. "Estão colocando no lixo nosso patrimônio cultural. É preciso fazer música para quem pensa, para quem tem ouvido musical. Hoje em dia, a burrice está à frente da inteligência, mas há sim, muita gente fazendo música de qualidade", argumenta.

Relacionadas