quinta, 24 de janeiro de 2019
Geral
Compartilhar:

Whindersson Nunes apresenta peça ‘Eita, Casei’ em João Pessoa

André Luiz Maia / 12 de agosto de 2018
Foto: Divulgação
Se você tem filhos adolescentes, certamente já se deparou com este nome. Whindersson Nunes reina na internet como um dos produtores de conteúdo mais influentes do meio digital. O que surpreendeu boa parte do público foi quando ele se revelou um comediante stand-up. Desde então, ele vem apresentando espetáculos que arregimentam um público imenso. Com “Marminino”, lotou os mais de três mil lugares do Pedra do Reino e a promessa e repetir o feito com “Eita, Casei”!

O público já riu com as histórias de sua mãe, as travessuras que cometeu durante a infância na pequena Bom Jesus, no Piauí, e agora está curioso para ver o que ele tem a dizer a respeito de seu casamento com a cantora Luísa Sonza. “Ah, eu não posso falar tudo, senão vou estragar a surpresa do show. Eu levo para o palco não somente histórias que envolveram o meu casamento, mas sim as histórias que envolvem milhares de casamentos em todo o mundo”, conta Whindersson, em entrevista ao CORREIO.

Com sacadas bem-humoradas, o jovem de 23 anos conquista o público adolescente, mas não apenas. Os pais chegam para acompanharem seus filhos e acabam caindo na gargalhada junto. As situações narradas por Whindersson são fruto de seu olhar apurado. “Minhas apresentações são construídas de observações e construções de piadas, é um processo criativo bastante engraçado”, complementa o youtuber.

Escalada

Aos 15 anos, Whindersson decidiu fazer vídeos para a internet, com todas as limitações que cabiam a um jovem piauiense interiorano sem muitos recursos ou dinheiro. Mas o que acabou chamando a atenção do público foi seu bom humor e sua criatividade, especialmente na hora de criar paródias de músicas e videoclipes de artistas.

Seu vídeo mais visualizado é uma paródia do clipe de “Hello”, da britânica Adele, vertida para ao português como “Qual a senha do Wi-Fi”? Outros clipes parodiados com milhões de views são “Sua cara”, de Anitta, Major Lazer e Pabllo Vittar, e “Shape of you”, de Ed Sheeran.

Apesar da aparência de superproduções dos clipes mais recentes, não há muitos segredos na produção de seus vídeos usuais. Ele normalmente grava em sua casa ou em quartos de hotel, em um diálogo direto com a câmera. Sua autenticidade acabou atraindo muita gente.

Nem mesmo hackers conseguiram atrapalhar seu sucesso. Quando tinha 30 mil inscritos, seu canal no YouTube foi invadido e sua conta deletada. Uma verdadeira mobilização na internet refez seu canal do zero. Até abril deste ano, era o maior canal do Brasil, sendo superado por Kondzilla, de clipes. Ainda assim, acumula estatísticas impressionantes, com mais de 30 milhões de inscritos e bilhões de visualizações em seus vídeos.

Apesar de ser apenas um jovem adulto, Whindersson afirma que não se espanta com essa audiência gigantesca. “Às vezes, eu penso na quantidade de pessoas para quem eu falo, realmente é muita gente. Não me assusta, faço com muita responsabilidade e sempre penso em não prejudicar ninguém”, conta.

Relacionadas