quinta, 03 de dezembro de 2020

Geral
Compartilhar:

Um Natal de verdade que vai muito além das compras

Luana Barros / 24 de dezembro de 2015
Foto: Divulgação
Muitos encaram o Natal como festança de fim de ano. A preocupação fica por conta do 13º salário, com as compras de presentes  e de roupas e calçados novos. Há quem invista apenas no prazer e bem-estar material, pensando no novo visual, priorizando comes e bebes, preparando-se para as viagens de férias e deixando de lado o verdadeiro valor e sentido da comemoração.

Para algumas religiões cristãs, esse consumismo não tem nada a ver com o verdadeiro sentido da data e afasta os fiéis do significado real da celebração. Para a maioria das crenças, Jesus Cristo deve ser o centro das atenções, já que é o seu nascimento o real motivo de comemorar.

A celebração espiritual, para o presidente da Federação Espírita da Paraíba, Marco Antonio Grangeiro, é o objetivo de lembrar que Jesus nasceu. ‘’O sentido verdadeiro do Natal, portanto, deverá ser a celebração espiritual do nascimento do príncipe da paz, pacificador por excelência, do Filho de Deus que veio restaurar as nossas vidas e nossos valores em clima de paz e harmonia objetivando nossa auto-iluminação’’, disse.

O Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, concorda e acrescenta que estar em comunhão com Cristo é o mais importante. ‘’O sentido do Natal reside na presença de Nosso Senhor Jesus Cristo que reúne os filhos e filhas de Deus que vivem dispersos. A missão de Cristo é integrar todos na comunhão com o Pai, no Espírito soberano do amor. Esse significado deve ser celebrado no culto da comunidade cristã e na família. Que os relacionamentos humanos tornem-se um aprendizado permanente de amor e de reconciliação sincera’’, ressaltou.

De acordo com o pastor da 1ª Igreja Batista de João Pessoa, Estevam Fernandes, o Natal é a maior festa do cristianismo e é celebrado nas suas diferentes expressões religiosas. "Infelizmente, sob a pressão do mercado e dos valores da sociedade secularizada, o Natal vem progressivamente perdendo a sua essência, isto é, que é a celebração do amor de Deus com o nascimento do seu filho Jesus Cristo. O Natal é uma festa espiritual, mais que foi transformada em uma festa mundana qualquer onde as pessoas se preocupam com tudo, menos com o dono da festa, Jesus’’, contou.

A presidente da Federação dos cultos Afro-Brasileiro no Estado da Paraíba, Maria da Luz da Silva - Mãe Penha de Iemanjá -, acredita que o verdadeiro sentido do Natal é ficar em paz consigo e com todos.  "O significado que tem essa data, é um dia de muita alegria, reunir a família os amigos estar ao lado das pessoas que amamos, dentro da nossa religião é um dia muito importante porque comemoramos louvando orixalá", falou.

Testemunhas de Jeová creem em Cristo, mas não na data

Os Testemunhas de Jeová creem veementemente em Jesus Cristo. No entanto, discordam que o 25 de dezembro seja a data exata de seu nascimento Dele e, por isso, não celebram o Natal. O ancião Cristiano Inácio tem uma explicação para isso."Acreditamos na existência de Jesus, mas, não existem provas de que o mesmo tenha nascido nessa data. É provável que líderes da Igreja tenham escolhido essa data para coincidir com festas pagãs realizadas no solstício de inverno ou por volta dele", argumentou.

Líderes deixam mensagens de Natal

marco_antonio Marco Antonio Grangeiro - Presidente da Federação Espírita da Paraíba. 

"Meus votos para este Natal é busquemos permanentemente a influência do cordeiro da paz, iluminando as nossas consciências através da sua mensagem divina vivenciada em todas as nossas relações’’. 

DOM-ALDO-PAGOTTO Dom Aldo Pagotto - Arcebispo da Paraíba.

"A mensagem do Natal é simples e exigente: glória a Deus e paz à humanidade. Glorificar a Deus significa dar-lhe o valor absoluto, centro de nossa atenção. Levar a paz para todos é resposta exigente da solidariedade, que se aprende em casa, com o bom exemplo, prolongando por todos os dias o clima de compreensão, de perdão, de superação das limitações’’.

pastor-estevam Estevam Fernandes - Pastor da 1ª Igreja Batista. 

’Minha mensagem aos paraibanos, independente da confissão religiosa que professem, é que nesse Natal permitam que Jesus Cristo nasça em seus corações, para que possam transmitir a todos a mensagem do amor de Deus, do amor ao próximo, e que sejam semeadores da paz e do bem comum. Para todos um Feliz Natal’’.

mãepenhaMãe Penha de Iemanjá - Presidente da Federação dos cultos Afro-Brasileiro da Paraíba.

‘’A mensagem que o Senhor nos deixou sem diferenciar religião é amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, e eu como presidente da Federação dos Cultos Afro peço a Deus Todo Poderoso, ao nosso Pai Orixalá, que derrame sua benção para todos os seus filhos e para todas as religiões que ilumine os pensamentos e o coração de cada um para acabar com o preconceito e todos se amem independente de religião!’’.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Relacionadas