terça, 19 de janeiro de 2021

Geral
Compartilhar:

Simulado de geografia; faça o teste e se prepare

Redação / 09 de abril de 2017
Foto: Ilustração Correio
Questão 1. (PUC-SP) Comparando-se o Mercosul e a União Europeia, é correto afirmar que:

a) A União Europeia tem colhido fracassos em razão de ser composta por países que têm um histórico recente de conflitos armados, ao passo que os sucessos do Mercosul devem-se à harmonia natural de países vizinhos sem histórico de conflitos.

b) Não são passíveis de comparação, pois a União Europeia resultou de um tratado amplo e antigo entre países desenvolvidos e o Mercosul é um acordo de Livre Comércio entre países subdesenvolvidos que nunca visou a qualquer tipo de integração regional.

c) A integração regional da União Europeia atinge as esferas econômica, social, política e cultural do mesmo modo que o Mercosul, que projeta para o futuro a plena integração comercial em todos os setores da economia e uma moeda comum ainda para 2006.

d) Nos dois casos verificou-se que, após as tentativas de integração regional, as relações comerciais entre os países-membros praticamente não foram afetadas, pondo em dúvida a eficácia dessas organizações supranacionais.

e) Enquanto a União Europeia conheceu ampla integração territorial por meio das infraestruturas (ferrovias, rodovias, hidrovias) antes mesmo de sua institucionalização, o Mercosul passou a expandir tais infraestruturas somente após sua criação e ainda assim em ritmo bastante lento.



  • “O petróleo continua sendo um recurso básico para a moderna sociedade industrial, apesar de ter sofrido um relativo declínio nas últimas décadas. Em 1971, representava cerca de 68% da energia consumida no mundo, mas em 2007 essa proporção tinha baixado para cerca de 34%, uma porcentagem ainda significativa e maior que a de qualquer outra fonte de energia isoladamente. Se somarmos o petróleo ao gás natural, geralmente associado a ele e que sozinho representa cerca de 20% do consumo energético mundial, teremos um total de 54% da energia produzida pela humanidade, com essas suas fontes fósseis em conjunto”.




(VESENTINI, J. W. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Editora Ática, 2012. p.75.)

Questão 2. Em função de suas importâncias, podemos concluir que o petróleo e o gás natural são fontes de energia utilizadas em diversos setores de atividades, dentre os quais podemos assinalar:

a) residencial, energético, transportes e industrial.

b) transportes, agrícola, industrial e extrativista

c) industrial, residencial, energético e construção civil

d) comercial, residencial, transportes e ambiental.

Questão 3. A comercialização do petróleo em nível internacional está, em grande parte, associada à atividade da OPEP – Organização dos Países Exportadores de Petróleo –, cuja principal função é:

a) diversificar o preço do produto em todo o planeta, a fim de dinamizar a livre concorrência entre os países petrolíferos.

b) cartelizar e controlar o valor do barril de petróleo entre os seus países-membros.

c) incentivar e financiar pesquisas científicas sobre a extração e o refino de petróleo.

d) organizar os produtores de petróleo em cooperativas a fim de livrar os produtores das ações do Estado.

Questão 4. O petróleo é um importante hidrocarboneto, utilizado como fonte de energia e como matéria-prima para a produção de plástico, tintas, solventes e outras mercadorias. Sua formação é resultante da decomposição de matéria orgânica animal e vegetal retida nos subsolos. Dessa forma, as regiões geográficas onde é mais provável encontrar poços de petróleo são:

a) regiões costeiras, situadas nas zonas de encontro entre duas placas tectônicas.

b) em zonas oceânicas e locais que já estiveram cobertos pelos oceanos.

c) em regiões continentais, em pontos de profundas depressões absolutas.

d) em zonas próximas à Linha do Equador, a exemplo do Oriente Médio.

Questão 5. (PUC-Rio - adaptada). Petróleo mais caro preocupa EUA, União Europeia e Japão. Em 2004, os preços do petróleo no mercado internacional tiveram sucessivas altas, lançando dúvidas sobre o crescimento econômico mundial. A elevação do preço do petróleo é consequência de uma série de fatores e tem graves repercussões em alguns países.

A alternativa que NÃO apresenta corretamente uma dessas situações é:

a) a alta do preço do petróleo interfere na economia japonesa que depende do petróleo importado.

b) o preço do petróleo depende das cotas de petróleo estabelecidas pelos países da OPEP.

c) o preço do petróleo aumenta devido aos estoques acumulados pelos Estados Unidos.

d) o preço do petróleo oscila devido à situação de insegurança existente no Oriente Médio.

Questão 6. Assinale qual dos princípios a seguir não representa as premissas da teoria malthusiana:

a) utilização de métodos contraceptivos para controle populacional.

b) as populações humanas crescem em progressão geométrica, enquanto a produção de alimentos cresce em progressão aritmética.

c) a difusão de um “controle moral” na sociedade.

d) controle no número de casamentos entre populações de baixa renda.

Questão 7. A teoria neomalthusiana representou a retomada de alguns dos ideais desenvolvidos por Thomas Malthus, sendo mais fortemente defendida a partir da segunda metade do século XX, após o término da Segunda Guerra Mundial.

O principal dos eventos históricos associado a essa ocorrência é:

a) a transição demográfica

b) o baby boom

c) a redução das taxas de natalidade

d) o processo de descolonização da África

Questão 8. A seguir, temos alguns exemplos de argumentos que podem ser utilizados como formas de contestação ao neomalthusianismo.

I. A dinâmica demográfica vem revelando que o planeta não vem passando por uma explosão demográfica, mas sim por uma transição demográfica, com a queda nas taxas de mortalidade, que é posteriormente acompanhada pela diminuição da natalidade.

II. O grande erro do neomalthusianismo é acreditar que os problemas sociais são causados pelo excesso populacional, quando, na verdade, são as desigualdades do sistema capitalista as responsáveis pela fome e miséria no mundo.

III. A falha da perspectiva antinatalista encontra-se na ineficácia dos sistemas contraceptivos, que não são capazes de evitar o elevado número de nascimentos, sobretudo entre a população mais jovem.

Dentre os raciocínios apresentados, qual(is) faz(em) parte das contestações utilizadas atualmente ao neomalthusianismo?

a) somente a afirmativa I

b) somente as afirmativas II e III

c) somente as afirmativas I e II

d) nenhuma das afirmativas

e) todas as afirmativas

Questão 9. (FUVEST). As previsões catastrofistas dos “neomalthusianos” sobre o crescimento demográfico e sua pressão sobre os recursos naturais não se confirmaram, notadamente, porque:

a) o processo de globalização permitiu o acesso voluntário e universal a meios contraceptivos eficazes, impactando, sobretudo, os países em desenvolvimento. b) a nova onda de “revolução verde”, propiciada pela introdução dos transgênicos, afastou a ameaça de fome epidêmica nos países mais pobres.

c) as ações governamentais e a urbanização implicaram forte queda nas taxas de natalidade, exceto em países muçulmanos e da África Subsaariana, entre outros.

d) o estilo de vida consumista, maior responsável pela degradação dos recursos naturais, vem sendo superado desde a Conferência Rio-92.

e) os fluxos migratórios de países pobres para aqueles ricos que têm crescimento vegetativo negativo compensaram a pressão sobre os recursos naturais.

Observe a imagem a seguir:

Vista do Monte Everest

Questão 10. O fator determinante para o clima da área retratada pela imagem é:

a) a latitude.

b) a continentalidade.

c) as massas de ar.

d) o albedo.

e) a altitude.

Questão 11. Acerca da influência dos diferentes fatores sobre a dinâmica climática, julgue os itens a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) as diferenças de latitude interferem no clima em razão da temperatura dos oceanos nos diferentes pontos da Terra.

( ) as áreas sob maior influência da continentalidade tendem a apresentar menos umidade, salvo quando há interferência de outros fatores climáticos.

( ) regiões que sofrem com uma menor umidade do ar costumam apresentar uma maior amplitude térmica.

( ) o relevo não exerce influência sobre o clima, sendo apenas modificado por ele.

Questão 12.   Desmatamento da Amazônia interfere no ciclo das chuvas

Estudo mostra que o impacto da destruição da floresta pode alterar o clima do Brasil e de países vizinhos. Nos últimos 30 anos, o Brasil já teve 600 mil quilômetros quadrados de terras desmatadas.

(Adaptado de: ANBA, 20/03/2009. Disponível em: http://www.anba.com.br/).

O impacto do desmatamento da Amazônia sobre o regime de chuvas se dá pela seguinte questão:

a) aumento médio das temperaturas

b) contenção das reservas hídricas subterrâneas

c) diminuição da emissão de umidade para a atmosfera

d) intensificação da convergência das massas de ar

e) aumento das anomalias climáticas cíclicas.

Questão 13. (UFMS). Clima é a sucessão habitual dos estados do tempo meteorológico. A grande variação climática no planeta é resultante da interação dos fatores climáticos, que são os responsáveis pela grande heterogeneidade climática da Terra e estão diretamente relacionados com a geografia de cada porção da superfície terrestre. Em qual das alternativas a seguir há APENAS fatores climáticos, isto é, aqueles que contribuem para determinar as condições climáticas de uma região do globo?

a) Correntes marítimas, temperatura do ar, umidade relativa do ar e grau geotérmico.

b) Temperatura do ar, pressão, altitude, hidrografia e massas de ar.

c) Hidrografia, correntes marítimas, latitude e relevo.

d) Altitude, massas de ar, maritimidade e latitude.

e) Temperatura do ar, umidade relativa do ar, insolação e grau geotérmico

Relacionadas