domingo, 09 de dezembro de 2018
Geral
Compartilhar:

São Paulo vence Corinthians por 1×0 e sai na frente na semifinal

Redação / 26 de março de 2018
Foto: Divulgação
O São Paulo venceu o Corinthians neste domingo (25), por 1 x 0, no Morumbi, no primeiro jogo pela semifinal do Campeonato Paulista. A vitória, a primeira em um clássico neste ano, deu à equipe são-paulina a vantagem do empate na partida da próxima quarta-feira (28), no Itaquerão, que definirá o finalista da competição.

O primeiro tempo começou como era esperado. Mesmo com as duas equipes entrando repletas de volantes, diante de um público de 42.830 pessoas, o São Paulo tomou mais as iniciativas, mesmo sem finalizar tanto, enquanto o Corinthians, fechado, procurava estudar o adversário e se aproveitar dos contra-ataques.

Logo aos 3 minutos, o eficiente Igor Liziero chutou por cima, após jogada na esquerda. Aos 24, Arboleda ganha de Sidcley e toca de cabeça para fora. O Corinthians só ameaçou uma vez, com um chute fraco de Emerson Sheik, após belo drible aos 14 minutos.

Neste duelo, prevaleceu a marcação sob pressão são-paulina, que impedia o Corinthians de sair jogando. O time da casa acabou sendo superior ofensivamente, mesmo sem criar uma grande chance, até Nenê fazer 1 x 0 em contra-ataque, aos 47 minutos da etapa inicial, após aproveitar rebote do chute de Trellez.

Faltou muita qualidade técnica às duas equipes na primeira etapa. Os jogadores pareciam mais preocupados em bloquear de qualquer maneira as avançadas do adversário, apelando muitas vezes para faltas violentas. Na “batalha” desta etapa, apenas Maycon, Reinaldo e Nenê, este por comemorar o gol olhando provocativamente para o técnico Carille, receberam cartão amarelo.

Quando prevaleceu o futebol, o São Paulo levou a melhor, principalmente por se posicionar mais próximo do gol adversário, acuando o pouco criativo Corinthians, que entrou sem o seu melhor jogador, Rodriguinho, principal articulador do time.

Uma elogiável  reunião entre os dois técnicos, árbitro, Nenê e Emerson Sheik, no centro do gramado, equilibrou os ânimos antes do início da segunda etapa.

E neste segundo tempo, o Corinthians tentou avançar mais e trabalhar a bola na frente, sem, no entanto, criar oportunidades. O São Paulo se colocou defensivamente, apenas para segurar o resultado. Também quase não criou. E o jogo continuou truncado. Trellez e Pedro Henrique se chocam em disputam na intermediária, aos 23. Apenas aos 33, o hábil Mateus Vital arrisca de longe, para Sidão rebater sem que ninguém aproveitasse. O jogo prosseguiu morno e sem criatividade até o apito final.

Relacionadas