domingo, 15 de setembro de 2019
Geral
Compartilhar:

Roberto Cavalcanti concorre à APL

Adriana Rodrigues / 10 de maio de 2019
Foto: Assuero Lima
O empresário Roberto Cavalcanti formalizou ontem seu requerimento de inscrição na eleição da Academia Paraibana de Letras (APL) para concorrer a cadeira 27, anteriormente ocupada pelo escritor e jornalista Carlos Romero, que faleceu em janeiro. O pedido foi formalizado a 29 dias para a realização do pleito.

Seguindo os procedimentos para sua habilitação como candidato, Roberto Cavalcanti, que também é escritor e articulista do Jornal CORREIO da Paraíba, entregou ontem toda a documentação e anexos exigidos pelo estatuto da APL e pelo edital da Eleição, que será realizado no dia 7 de junho, das 8h às 12h, e aberta para os 29 votantes escolherem seu novo colega imortal.

O relator do pedido de registro de candidatura de Roberto Cavalcanti é acadêmico Itapuan Bôtto Targino, ocupante da cadeira 36, que foi designado pelo presidente da APL, Damião Ramos Cavalcanti, para análise do processo e apresentação do parecer, que será apreciado na reunião do Conselho Diretor da APL, no próximo dia 27, às 15h, juntamente com os dos demais postulantes a vaga.

De acordo com o presidente da APL, Damião Ramos, as pessoas que tiverem interesse em se candidatar tem que seguir as normas estatutárias e do Edital e formular seu pedido de inscrição dentro do prazo, que se encerra no dia 21 de maio, às 12h.

“Para cada candidato inscrito iremos designar um relator, que terá até o dia da reunião do Conselho Diretor para apresentar seu parecer, pelo deferimento ou indeferimento do pedido de candidatura, que será submetido ao colegiado. Após, o deferimento, teremos um prazo de cinco dias para eventuais impugnações e também para a finalização dos preparativos para o pleito”, explicou o presidente da APL.

Relacionadas