segunda, 24 de junho de 2019
Geral
Compartilhar:

Projeto quer fazer de Campina Grande uma das cidades mais arborizadas

Mayara Oliveira / 16 de julho de 2018
Foto: Chico Martins
É comum que cidades com um bom índice de urbanização desenvolvam projetos visando a estimulação de plantio de árvores para consequentemente aumentar a vegetação. Campina Grande, no agreste da Paraíba, por exemplo, conta com um programa municipal chamado ‘Minha Árvore’, que teve início em 2014 e já contemplou a cidade com mais de 32 mil árvores, através de plantio e doação de mudas pela população.

Quatro anos depois, o programa trouxe um diferencial. Na semana do meio ambiente, foi lançado um aplicativo e um game digital desenvolvido pelo Atelier de Computação e Cultura (Compcult) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), após parceria com a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), da prefeitura municipal, que está à frente do programa.

Com o aplicativo ‘Minha Árvore’, é possível que a comunidade solicite o plantio de mudas através de telefone e de pesquisas. Os bairros e comunidades são escolhidos pela organização do programa e após a seleção se iniciam aulas de educação ambiental aos alunos dessas localidades, que informam o tipo de planta que querem plantar nas residências e nas escolas.

Ao mesmo tempo, a equipe de cadastradores consulta os moradores do bairro contemplado para saber se há interesse em plantar nas residências. Após o término do cadastramento, as plantações são iniciadas em todos os bairros da cidade, conforme a coordenadora de meio ambiente da Sesuma, Denise de Sena.

“Os que querem que se plante uma árvore em sua residência podem acessar o programa Minha Árvore no Play Store gratuitamente e nós iremos plantar. Posteriormente, ficará registrado no nosso relatório de dados como também ficarão ‘georeferenciados’. É mais uma inovação que esse programa está contemplando em Campina Grande”, destaca a coordenadora.

Relacionadas