quarta, 14 de novembro de 2018
Geral
Compartilhar:

Prêmio ‘Jabuti’ revela os vencedores em 2018

André Luiz Maia / 10 de novembro de 2018
Foto: Divulgação
A 60ª edição do Prêmio Jabuti de Literatura divulgou seus vencedores em uma cerimônia no Auditório do Ibirapuera, quinta, em São Paulo. O grande vencedor da noite, que levou o prêmio de Livro do Ano, foi o livro de poemas À Cidade, de Mailson Furtado Viana.

Na disputa, havia dois representantes da Paraíba: Maria Valéria Rezende, com A Face Serena, livro de contos publicado pela Penalux (a primeira edição saiu pela editora santista Simonsen); e Demônios Domésticos, publicação de Tiago Germano pela Le Chien, concorrendo na categoria Crônica.

Considerado o principal prêmio de literatura brasileiro, o Jabuti é uma vitrine da produção escrita do país, fazendo uma curadoria, apreciada por muitos amantes da palavra.

Além das principais categorias (romance, poesia, conto e crônica), há também espaço para biografias, livros acadêmicas e até mesmo quadrinhos, uma adição recente.

Jabuti 2018 / Todos os premiados

LIVRO DO ANO: À Cidade, de Mailson Furtado Viana (publicação independente)

EIXO LITERATURA

CONTO: Enfim, Imperatriz, de Maria Fernanda Elias Maglio (Patuá)

CRÔNICA: O Poeta e Outras Crônicas de Literatura e Vida, de Rubem Braga, André Seffrin, Gustavo Henrique Tuna (Global)

HISTÓRIAS EM QUADRINHOS: Angola Janga, de Marcelo D'Salete (Veneta)

INFANTIL E JUVENIL: O Brasil dos Dinossauros, de Luiz Eduardo Anelli, Rodolfo Nogueira (Marte Cultura e Educação)

POESIA: À Cidade, de Mailson Furtado Viana (publicação independente)

ROMANCE: O Clube dos Jardineiros de Fumaça, de Carol Bensimon (Companhia das Letras)

TRADUÇÃO: Poemas, de Geraldo Holanda Cavalcanti (ditora da USP); O Macaco e a Essência, de Fábio Bonillo (Biblioteca Azul)

EIXO ENSAIOS

ARTES: Imaginai! O Teatro de Gabriel Villela, de Rodrigo Louçana Audi, Dib Carneiro Neto (Sesc-SP)

BIOGRAFIA: Roquette-Pinto: o Corpo a Corpo com o Brasil, de Cláudio Bojunga (Casa da Palavra)

CIÊNCIAS: As Maravilhosas Utilidades da Geometria: da Pré-História à Era Espacial, de Adalberto Ramon Valderrama Gerbasi (Marcelino Champagnat - PUCPress)

ECONOMIA CRIATIVA: Design de Capas do Livro Didático: A Editora Ática nos Anos 1970 e 1980, de Didier Dias de Moraes (Editora da USP)

HUMANIDADES: Democracia Tropical , de Fernando Gabeira (Estação Brasil)

EIXO LIVRO

CAPA: O Corego: Texto Anônimo do Século XVII sobre a Arte da Encenação, capa de Carla Fernanda Fontana (Editora da USP)

ILUSTRAÇÃO: Os Trabalhos da Mão, ilustrações de Nelson Cruz (Positivo)

IMPRESSÃO: Bruno Dunley, responsável: Ipsis (Jesué Pires) (Associação para o Patronato Contemporâneo)

PROJETO GRÁFICO: Conflitos: Fotografia e Violência Política no Brasil — 1889-1964, Responsável: Luciana Facchini (Instituto Moreira Salles)

EIXO INOVAÇÃO

FORMAÇÃO DE NOVOS LEITORES: Psicanálise e Literatura - Freud e os Clássicos, Responsável: Ingrid de Mello Vorsatz

LIVRO BRASILEIRO PUBLICADO NO EXTERIOR: Fim, de Fernanda Torres (Companhia das Letras)

Relacionadas