domingo, 19 de maio de 2019
Geral
Compartilhar:

Pesquisadora se torna a ‘Vovó Linda’ para gravar cancioneiro popular infantil

Rammom Monte / 24 de março de 2019
Foto: Divulgação
O amor de uma avó pelo seu neto aliada a um desejo de resgatar músicas do cancioneiro popular. Foi assim que surgiu o projeto Cantando e Brincando, da pesquisadora musical Ermelinda Paz, que agora virou Vovó Linda. Da ideia, já nasceram dois CDs, e o terceiro está em fase de produção. Segunda Ermelinda, foi o nascimento do seu neto, José, que proporcionou isto, apresentando um mundo um mundo desconhecido para ela: o de cantora.

“Jamais passou pela minha cabeça entrar num estúdio para fazer gravação para crianças. Agradeço todo dia ao meu neto ele ter vindo ao mundo para despertar isto, estou gostando da experiência”, disse.

Referência em pesquisa musical e responsável por publicações que se tornaram emblemáticas, como a biografia de Jacob do Bandolim, por exemplo, Ermelinda Paz apaixonou-se pela educação musical infantil bem cedo, em 1967, quando começou a coletar um cancioneiro de apoio à prática, em sua maioria extraído de uma apostila produzida pela Secretaria de Educação e Cultura do antigo Estado da Guanabara, e distribuída mensalmente para as coordenadorias das escolas municipais. Sua experiência com a docência com crianças na Escola Municipal Guatemala, no Rio de Janeiro, deu vez à pesquisadora e a levou para outros caminhos.

O Cantando e Brincando Vol. 1 foi inspirado no vasto trabalho de Liddy Chiaffarelli, educadora musical, musicista e pianista que teve seu auge de produção nas décadas de 1930 e 1940.

Ermelinda disse que tudo começou como uma espécie de brincadeira entre avó e neto e que foi tomando corpo até se tornar este projeto atual.

"Quando eu soube que ia ser avo, a minha primeira reação foi resgatar um material que eu tinha e relembrar e cantar com o meu neto. Então eu decidi gravar um CD caseiro, para ele. Minha filha escutou e me perguntou se eu não pensava em fazer algo maior, expandir para outras crianças. Aí surgiu o projeto", disse.

Resgate do cancioneiro



O Vol. 1 do CD Cantando e Brincando com Vovó Linda foi finalizado em 2017, mas lançado apenas em meados de 2018, em função das pendências envolvendo autores. Essas músicas fizeram parte do repertório de vários educadores musicais, como Regina Márcia Simão Santos (com quem Ermelinda intercambiava a descoberta de novas músicas para inseri-las nos cadernos de apoio) e Helena Rosa Trope, bem como dos educadores musicais do Instituto Bennett nos anos 1950, 1960 e parte de 1970.

Além disso, um extenso trabalho de pesquisa foi realizado, seja através de pessoas-fonte, seja de importantes centros de documentação e pesquisa, como o Museu Villa-Lobos, Arquivo Público do Estado do RJ, o Centro Brasileiro de Memória – Iserj, a Amar/Sombrás, Escola de Música da UFRJ, dentre outros.

As músicas que integram o CD trazem, em geral, uma movimentação autoexplicativa e sua aplicação fica à critério da criatividade dos educadores musicais, acrescidas da espontaneidade e expressividade que as crianças naturalmente agregam às canções. São 28 faixas ao todo, sendo 14 completas e 14 em formato de playback, para que os professores possam cantar com seus alunos. A única inédita é ‘Acalanto para José’, de autoria da própria Ermelina, feita para ninar o neto.

Segundo a pesquisadora, os CDs têm como objetivo envolver as crianças, trazendo o lúdico através das músicas.

“O volume 1 é muito voltado para estimular a expressão, o gesto da criança. Se você ouvir vai ver que tudo induz a movimentos e as crianças podem criar os seus movimentos também. É bom estimular. Já o CD vol. 2 é todo voltado para o folclore brasileiro”, disse ela, que adiantou que o terceiro volume já está em processo e trará músicas de ninar do Brasil e do Mundo.

O segundo volume é uma coletânea de canções brasileiras, lançada em formato duplo: um CD completo com 27 faixas e outro com os playbacks, para utilização dos educadores em aula, Na sua grande maioria, as letras falam de animais, ajudam os adultos a lidar com as crianças de forma amorosa e divertida. Muitas canções podem funcionar como acalanto, jogos musicais, brincadeiras, cantiga de roda.

Os CDs já estão disponíveis também nas plataformas digitais (Deezer, Spotify, iMusic, Shazam).

Relacionadas