sexta, 27 de novembro de 2020

Geral
Compartilhar:

Paraibanos fazem velhos e novos pedidos para 2016

Lucilene Meireles e Ana Daniela Aragão / 01 de janeiro de 2016
Foto: Diego Nóbrega
A conquista da casa própria, o carro novo, a viagem tão planejada, são alguns dos projetos adiados à espera de dias melhores. Porém, em meio à crise econômica que afeta todo o país, os desejos para 2016 ganharam um tom menos particular e passaram a ser mais coletivos. É claro que a população de João Pessoa tem sonhos distintos, mas alguns deles coincidem e são da maioria. Um ponto final na crise econômica, o fim da corrupção e da violência são os desejos mais citados nas ruas. Emprego, paz e saúde também estão na lista dos desejos. Dona Maria Soledade Silva, 48 anos é uma dessas pessoas que encara com esperança o ano que se inicia. Apesar de passar o dia na Praça Pedro Gondim, no bairro da Torre, em João Pessoa, e à noite na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, ela não desiste de sonhar com uma casa em um lugar que ela considere digno.

Porém, o fato de ser moradora de rua não deixa Maria Solidade triste. A mulher garante que é feliz e, para 2016, espera conquistar uma casa num local digno. O Réveillon foi na praça onde estende sua lona sobre um banco de concreto. A grande virada na vida, no entanto, coloca nas mãos de Deus.

“Ele sabe o que é melhor para mim. O Natal também foi aqui também. Ganhei almoço. Um senhor veio com seu filho e me presenteou com um saco de moedas. Agora, só falta mesmo uma casa num local onde eu tenho acesso a médico, às pessoas”, disse emocionada.

Leia a reportagem completa no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas