quinta, 21 de janeiro de 2021

Geral
Compartilhar:

Paraíba perde mais de 2 mil empresas no ano de 2013

Érico Fabres / 05 de setembro de 2015
Foto: Divulgação
A Paraíba, com 7,1 mil casos, foi o Estado do Brasil que teve o menor percentual de fechamento de empresas no ano de 2013 (13,4%). Os dados são referentes ao estudo de Demografia das Empresas, divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O índice ficou abaixo do regional de 15,5% e do nacional de 14,6%. Apesar disso, no ano, a cada 27 empreendimentos que surgiram, 20 encerraram suas atividades por dia, já que 9,9 mil negócios foram criados (o menor índice no país).

A Paraíba registrou também a maior taxa de sobrevivência (81,6%), enquanto o Maranhão apresentou as maiores taxas de entrada (24,6%) e saída (17,6%), mas a menor taxa de sobrevivência (75,4%).

Estranhamente, o número de empresas fechadas foi maior que o número de pessoas demitidas em função disso: 4.454 pessoas. Isso se explica porque as pessoas que foram demitidas ou possuíam dois empregos ou foram recontratadas em novos empreendimentos até o final de 2013.

Leia mais na edição deste sábado (5) do Jornal Correio da Paraíba. 

Relacionadas