quarta, 25 de novembro de 2020

Paraíba
Compartilhar:

Temperaturas aumentam e paraibano terá que enfrentar calor de 40 graus no verão

Rammom Monte / 23 de novembro de 2015
Foto: Rafael Passos
O verão está chegando e com ele vem um velho conhecido: o calor. Apesar de ainda faltar um pouco menos de um mês para a estação mais quente do ano, os termômetros já estão registrando altas temperaturas. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), a temperatura deve chegar aos 38º nesta terça-feira no Sertão do estado. E, apesar de considerar raro, o órgão afirma que os termômetros podem chegar aos 40 graus na região neste verão. Vale ressaltar que as temperaturas são medidas na sombra, ou seja, sem considerar a incidência direta dos raios solares, o que deixa tudo ainda mais quente.

“Normalmente a partir de novembro já começamos a perceber um aumento na temperatura, que se intensifica em dezembro e janeiro. Mas a média deve ficar mesmo na casa dos 38 graus. Um dia ou outro pode chegar aos 39º e, excepcionalmente, pode atingir a casa dos 40 graus, mas isso seria algo fora do normal”, disse a meteorologista Carmem Becker.

Carmem falou ainda que o Sertão, principalmente na região das cidades de Patos, Sousa e Pombal, é o local onde se registra as maiores temperaturas do estado. Segundo ela, se considerarmos a incidência direta do sol, a temperatura sobe ainda mais.

Ela explicou ainda que, no Sertão não se percebe muita diferença entre a temperatura real e a sensação térmica, já que essa última é decorrente da questão da umidade e dos ventos. Segundo ela, onde nota-se mais esta diferença é na região do Litoral. Carmem disse ainda que a estimativa para o clima começar ficar mais ameno é a partir do fim do mês de fevereiro, começo de março.

“A medida para dezembro é essa mesmo. Só a partir de fevereiro e março é que começa a decrescer. Já no Brejo e no Agreste, só a partir de abril”, explicou.

Cuidados que devem ser tomados

Por conta das altas temperaturas, os especialistas apontam que a população precisa tomar ainda mais cuidado. Segundo eles, é preciso que algumas precauções sejam tomadas como evitar exposição solar entre às 11h e às 17h; ingerir muita água; usar o protetor solar diariamente; usar roupas leves , entre outros.

Relacionadas