sexta, 27 de novembro de 2020

Paraíba
Compartilhar:

Número de presos no Róger é 32% maior que o suportado e prisões aumentam no fim do ano

Ainoã Geminiano / 11 de dezembro de 2015
Foto: Arquivo
A Polícia Militar divulgou ontem um balanço, mostrando que prendeu e apreendeu 204 suspeitos de roubos, porte ilegal de arma, tráfico de drogas, homicídio e com mandados de prisão em aberto na Paraíba, entre o dia 1º deste mês e a última quarta-feira. Segundo a polícia, o aumento das prisões é diretamente influenciado pelo movimento do final de ano. No presídio, a direção prevê mais problemas, com o agravamento da superlotação.

O balanço foi divulgado ontem, na véspera do lançamento da operação Boas Festas, que vai reforçar as atividades de segurança em todo o Estado e deve elevar o número de prisões ao longo do mês. “Estamos com um efeito maior nas ruas e isso resulta em mais gente presa. Porém temos visto também muitos presos sendo soltos, o que agrava a sensação de impunidade e faz com que, mesmo prendendo mais gente, a criminalidade aumente”, disse o coronel Lívio Sérgio Delgado, comandante do policiamento da Região Metropolitana de João Pessoa. Segundo ele, a estimativa é que 80% dos presos são liberados pouco tempo depois da prisão.

No presídio do Róger, a tensão tem aumentado com a chegada de muitos presos. “Ainda estamos fechando os dados, mas estimo que só esta semana recebemos mais de 100 presos. O presídio fica mais nervoso, aumenta os conflitos entre facções, não tem como garantir a mesma qualidade de direitos dos presos. Quando aumenta o número de custódias, aumenta também o número de visitas. Por conta disso as visitas demoram mais a entrar e vem toda uma situação nervosa na unidade por conta disso”, disse Lincoln Gomes, diretor do Flósculo da Nóbrega.

Hoje, a PM irá apresentar a tropa de pronto emprego, durante o lançamento da operação Boas Festas, montada para reforçar as ações de segurança na Região Metropolitana da Capital. O reforço contará com o auxílio de drones para mapear as áreas que serão ocupadas com o policiamento específico e um aumento de 250 homens na segurança da região. Na ação serão intensificadas as rondas, blitzen e abordagens, buscando drogas e armas.

Número de presos...

É 32% da capacidade do presídio Flósculo da Nóbrega, o Róger, que recebe custodiados da Capital e que já está superlotado, com o dobro do ideal. A capacidade total da Casa de Detenção é de 650 presos, mas tem hoje 1.398.

APREENSÕES

76 armas de fogo de vários calibres

6,3 kg de maconha

263 pedras de crack

149 papelotes de cocaína.

46 veículos com queixas de roubos e furtos

Relacionadas