quinta, 21 de junho de 2018
Paraíba
Compartilhar:

Menos de 20% declararam Imposto de Renda na Paraíba e prazo termina em abril

Ellyka Akemy e Érico Fabres / 29 de março de 2016
Foto: Arquivo
O último boletim da Receita Federal divulgado, ontem, aponta que 19,86% dos paraibanos declararam o Imposto de Renda 2016, referente ao ano-calendário 2015. Ou seja, das 290 mil declarações esperadas para o Estado (que representa apenas 7,35% de toda a população da Paraíba, estimada em 3,9 milhões), 57.615 já foram enviadas.

Os contribuintes que estão preparando a documentação para o IR devem ficar atentos, pois existem maneiras de elevar o imposto a restituir.

O coordenador do curso de Ciências Contábeis da Universidade Cidade de São Paulo, Wagner Pagliato, preparou uma lista com as despesas que podem ser deduzidas.

Como reduzir A mordida

▶ Reforma do imóvel - Ao fazer melhorias no imóvel antes de vendê-lo, o contribuinte acrescenta estes valores (devidamente documentados) na declaração e, assim, o ganho de capital (lucro) demonstrado será menor, o que permite pagar menos Imposto de Renda sobre o ganho.

▶ Gasto com empregado doméstico - O INSS pago pelo patrão ao empregado doméstico pode ser abatido no limite de R$ 1.182,20 (incluindo 13º salário e férias) e descontado do imposto devido.

▶ Pensão alimentícia - O pagamento de um valor fixado por decisão judicial ou acordo homologado judicialmente permite abater seu valor integral na declaração.

▶ Aluguel - Os gastos que o locador tiver com corretagem e administração podem ser abatidos do Imposto de Renda. É preciso comprovar estes gastos para ter direito ao desconto.

▶ Plano de Previdência - Quem possui um plano de previdência complementar no modelo PGBL pode obter o desconto de até 12% sobre todos os aportes relativos aos rendimentos tributados feitos no ano-calendário e optar deduções legais.

▶ Curso universitário e escola - As despesas com matrícula e mensalidade escolar e os gastos com graduação ou pós-graduação permitem abatimento no limite de R$ 3.561,50 por ano (cada).

▶ Cirurgia plástica com fim de saúde - Se o objetivo da intervenção não for estético, é possível abater a despesa na declaração. É o caso de reconstrução da mama e correções que melhorem a saúde do paciente.

▶ Dentista, Fisioterapia e Psicólogo - Tratamentos dentários, como canal ou extração do dente; gastos com tratamento de reabilitação com fisioterapeutas; e tratamento psicológico ou psiquiátrico entram na lista das despesas médicas que abatem o imposto.

▶ Consultas e exames - Visitar o médico e fazer check-up de rotina permitem abater as despesas do IR.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas