sexta, 18 de setembro de 2020

Paraíba
Compartilhar:

Cemitérios têm missas e campanhas no feriado de Finados; confira a programação

Redação / 02 de novembro de 2015
Foto: Assuero Lima
A Igreja Católica celebra nesta segunda-feira (02) o Dia de Finados. João Pessoa e Campina Grande têm programação especial com missas em igrejas e cemitérios. Acompanhe abaixo.

João Pessoa (programação oficial da Arquidiocese)

O cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro, tem a celebração de cinco missas. Às 7h30, com padre Alexandre Magno Jardim; às 9h, com o arcebispo da Paraíba Dom Aldo Pagotto; às 11h, com o padre Francisco Azevedo; às 15h, com Diácono Cristino; às 17h, novamente com padre Alexandre.

No cemitério Santa Catarina, no Bairro dos Estados estão programadas três missas. Às 8h, com padre Egídio; às 10h30, com Dom Aldo; às 16h com padre Egídio novamente.

Na programação do Santa Catarina, o padre Egídio, responsável pelo Hospital Padre Zé, mantém a campanha que arrecada recursos para o hospital. São espalhadas urnas no cemitério e os visitantes podem contribuir com doações para ajudar a unidade de saúde que é filantrópica.

No Cemitério do Cristo, no bairro de mesmo nome, há uma missa às 9h e outra celebrada por Dom Aldo, às 16h.

De acordo com a Arquidiocese, outros cemitérios de João Pessoa têm programação especial para o Dia de Finados, mas que não é administrada pela Igreja. A Prefeitura de João Pessoa, responsável pelos cemitérios públicos, informou que, além dessas missas programadas pela Arquidiocese da Paraíba, há ainda celebrações nos cemitério São José, às 9h e às 16h, em Cruz das Armas.

Igreja Messiânica (João Pessoa)

Os membros da Igreja Messiânica Mundial do Brasil, religião de origem japonesa que já se encontra na Paraíba há 30 anos, fazem uma limpeza na parte externa da Igreja São Francisco, no Centro Histórico de João Pessoa, onde fica localizado o Cruzeiro de São Francisco. A atividade acontece neste domingo (1º), às 9h.

De acordo com o ministro João Antônio Rocha, responsável pela igreja na Paraíba, o evento tem como objetivo não apenas a limpeza física do espaço, mas pretende também uma purificação espiritual do ambiente, servindo como uma forma de elevação de muitos espíritos que sofreram durante a história paraibana. “O cruzeiro de São Francisco reflete o mundo espiritual da Paraíba”, explica o ministro João Rocha.

Campina Grande

O bispo diocesano Dom Manoel Delson presidirá duas celebrações: no Cemitério Campo santo Parque da Paz às 9h e no Cemitério do Monte Santo às 17. Ele explica que é normal a dor da saudade, mas os cristãos alegram-se por saber que os que já se foram são recebidos na eternidade. “Na nossa fé, a morte é uma passagem e por isso rezamos por aqueles que nos deixaram. Uns estão na glória e outros preparam-se para a vida plena, então rezamos para que todos sejam purificados e recebidos na morada celeste, lugar para onde todos nós iremos um dia”, explica o Bispo.

Relacionadas