quinta, 19 de outubro de 2017
Paraíba
Compartilhar:

Campeonato de Curió reúne competidores de todo o Nordeste em JP

Ainoã Geminiano / 28 de março de 2016
Foto: Ilustração
João Pessoa sediou ontem a primeira etapa do Circuito Paraibano de Canto de Curió, na categoria de Canto Goiana. Um dialeto de canto que tem origem na cidade pernambucana que dá nome à modalidade. Na competição, os pássaros curiós competem para saber qual deles tem a melhor “voz”. A competição reuniu criadores de várias regiões do Nordeste, no Parque de Exposição Henrique Vieira de Melo, no bairro do Cristo Redentor. O destaque da competição foi o curó pardo clássico "Rochedinho", de um criador paraibano.

De acordo com o presidente do Clube Ornitológico da Paraíba, Paulo Dantas, as outras três etapas do torneio estão marcadas para acontecer nos meses de setembro, novembro e dezembro. "Nessa modalidade cada pássaro têm cinco minutos para fazerem as suas apresentações. Tivemos um alto nível de canto. Todos os competidores estão de parabéns, independente de resultado", disse.

Segundo Alisson Sales, um dos juízes da competição, os critérios julgados nessa competição são: melodia, voz, andamento, colocação de nota e apresentação do pássaro. Todos os pássaros que competem são cadastrados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), o que faz o torneio também ser autorizado pelos órgãos fiscalizadores do meio ambiente.

GANHADORES

Categoria GOIANA SEM REPETIÇÃO

- Curió Maroto - criador Arquimedes

Categoria GOIANA COM REPETIÇÃO

- Curió Bigbrun - criador Guerton

Categoria GOIANA CLÁSSICO COM REPETIÇÃO

- Curió Mamed - criador Rubens

Categoria GOIANA CLÁSSICO PARDO

- Curió Rochedinho - criador Davi

Torneio de fibra de Papa Capim no próximo final de semana

No próximo final de semana, o Clube Ornitológico da Paraíba realiza o Torneio de Fibra de Papa Capim e Azulão, que deve reunir cerca de 150 pássaros. O evento também tem autorização do Ibama e será realizado no ginásio Guarani, no bairro do Róger. "Nessa modalidade a disputa é feita em uma roda de gaiolas, com distância de 20cm entre uma e outra. Teremos duas marcações de tempo e o pássaro que cantar por mais tempo será o campeão", explicou Paulo Dantas.

Relacionadas