segunda, 23 de novembro de 2020

Paraíba
Compartilhar:

Ano positivo para a Justiça com celeridade processual e cumprimento de metas

Adriana Rodrigues / 25 de dezembro de 2015
Foto: Arquivo
O presidente do Tribunal de Justiça, Marcos Cavalcanti, avaliou que 2015 foi um ano de grandes conquistas para o Judiciário. Ele ressaltou a conquista do Selo Ouro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), conferido ao TJPB em reconhecimento ao cumprimento de metas e investimentos na área de tecnologia.

Neste primeiro ano da gestão do presidente Cavalcanti, o TJPB conquistou, também, o primeiro lugar no cumprimento da Meta 1 do CNJ, que é julgar mais ações do que o número de processos que dão entrada no Tribunal.

As ações e iniciativas voltadas ao jurisdicionado também marcaram o exercício de 2015, conforme ressaltou o chefe do Judiciário.

“Nesse período, foram realizados mutirões com o objetivo de dar celeridade ao trâmite processual, e projetos que aproximaram a Justiça do Povo, como o Tribunal sem Distância, lançado no dia 14 de setembro, na Comarca de Bananeiras.

Depois, nos dias 8 e 9 de outubro, o programa esteve na comarca de Monteiro”, comentou.

O TJPB também avançou na área de pessoal, com pagamento da folha em dia e promoção de cursos de capacitação. Foram capacitados mais de 1.991 servidores, em diversos cursos. Desse total, 280 foram capacitados através de cursos a distância. “Contamos com um laboratório, um ambiente próprio, instalado em uma sala no Fórum Cível, para a promoção de curso em EAD”, revelou.

Ainda nesse segmento, a atual gestão concedeu reajuste de 6% aos servidores, em janeiro deste ano; aumento de 11.11% no Auxílio Alimentação, concedido em novembro, mas com efeito retroativo a fevereiro deste ano; além do reajuste de 30% para os cargos comissionados, que estavam sem aumento havia cinco anos. “Concedemos ainda o Adicional de Insalubridade para a categoria dos Taquígrafos, e aumento para os celetistas”, acrescentou.

Relacionadas