sexta, 27 de novembro de 2020

Geral
Compartilhar:

Multinacional Sanofi Pasteur na frança lança pesquisa de vacina contra Zika vírus

De Assessoria / 03 de fevereiro de 2016
Foto: Arquivo
Uma vacina contra o vírus da zika já está em desenvolvimento. A multinacional francesa Sanofi Pasteur, mesma produtora da vacina contra a dengue, lançou projeto de pesquisa ontem.

O vírus da zika é estreitamente relacionado como o vírus da dengue, segundo a farmacêutica. Pertence ao mesmo gênero Flavivirus, além de ser disseminado pela mesma espécie de mosquito e apresentar as mesmas manifestações agudas da doença.

A vacina contra a dengue, lançada em dezembro de 2015, foi considerada “baixa” pelo presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa - especialistas ainda têm ressalvas quanto ao prazo das doses, aplicadas a cada seis meses. A vacina contra a febre amarela, por exemplo, tem eficácia de mais de 90%. Já a vacina contra o vírus HPV, por sua vez, tem eficácia estimada em 98,8% contra o câncer do colo de útero.

Os sintomas mais comuns de uma infecção por zika são febre, (erupções na pele), inchaços das juntas, conjuntivite e dor de cabeça.

No entanto, há crescentes evidências relacionando a infecção pelo vírus zika em grávidas com aumento do risco de complicações congênitas graves conhecidas como a microcefalia. Normalmente, esta é uma condição rara e consiste numa redução anormal do tamanho da cabeça do recém-nascido que impede seu desenvolvimento cerebral normal.

“Além de uma séria possibilidade de haver complicações congênitas relacionadas com o vírus da zika, há outras pesquisas em andamento para avaliar uma outra associação entre a infecção pelo vírus zika e uma doença neurológica séria, o que agravaria a forte suspeita de malformações congênitas associadas com a doença”, afirma Nicholas Jackson, diretor global da pesquisa.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas