terça, 26 de janeiro de 2021

Geral
Compartilhar:

Morre o artista plástico Elpídio Dantas

André Luiz Maia / 11 de fevereiro de 2017
Foto: Anna Valentina Belaciano
O artista plástico Elpídio Dantas morreu ontem em João Pessoa. Ele tinha 63 anos e lutava contra um câncer. Nos últimos meses, estava internado para tratamento no Hospital Napoleão Laureano, no bairro de Jaguaribe. Elpídio deixou a mulher e três filhos.

A Estação Cabo Branco divulgou uma nota lamentando a morte do artista plástico, lembrando que os trabalhos do artista integraram a mostra coletiva que inaugurou o espaço, em 2008, além da exposição Nossa Terra, Novos Valores, em 2013.

Nascido na cidade de São Bento, no Sertão do estado, Elpídio Dantas iniciou sua carreira ainda na década de 1970, trabalhando como desenhista e chargista no extinto jornal O Norte. No seu ateliê, montado em sua residência do Bessa, Elpídio Dantas experimentava novas técnicas e formas de pintar, em técnica autodidata.

Ao longo dos anos, expôs em lugares como a Galeria Pedro Américo, em João Pessoa, o Museu de Arte Assis Chateaubriand, em Campina Grande, o Palácio das Artes, em Belo Horizonte, além de ter levado sua arte para a exposição em espaços no exterior, a exemplo do Espace Arcade Place e do Espace Berri Ponthieu, ambos em Paris, França, além de participar do 28° Grande Prêmio Internacional de Pintura, em Cannes-Sûr-Mer, também na França. Elpídio possui obras no acervo permanente do Museu José Lins do Rego, organizado pela Fundação Espaço Cultural (Funesc), em João Pessoa.

Relacionadas