quarta, 03 de março de 2021

Geral
Compartilhar:

Manifestações não impedem circulação de ônibus em JP; veja o que funciona nesta sexta

Alexandre Freire / 30 de junho de 2017
Foto: Divulgação
A mobilização contra o governo do presidente Michel Temer (PMDB) não impediu a circulação de ônibus na manhã desta sexta-feira (30), em João Pessoa. Manifestantes interditaram o Terminal de Integração e os coletivos não puderam passar pelo Terminal de Integração, no Varadouro. A interdição durou cerca de uma hora.

Leia também: Escolas, universidades e transportes podem parar nesta sexta, na PB; acompanhe

O protesto também afetou a circulação dos veículos nas proximidades do Parque Solon de Lucena, no Centro da Capital. Os manifestantes se concentraram no anel externo da Lagoa e interditaram o local com carros de som, faixas e cartazes.

Nesta sexta, os bancos amanheceram fechados. Apenas os serviços essenciais realizados através dos caixas eletrônicos, como saques, saldos, extratos e transferências estarão funcionando.

Saída para Recife bloqueada

O trânsito nas BRs que cortam o estado segue sem anormalidades, de acordo com informações repassadas ao Portal Correio pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo a PRF, neste momento, apenas o trecho da BR, na saída da Paraíba para Goiana segue interditado nos dois sentidos. A saída para Natal não apresenta interdições.

 Comércio

Na Capital, o Sindicato dos Empregados no Comércio da Grande João Pessoa (Sinecom-JP), confirmou que também participará da paralisação e que convocou os funcionários do comércio a fecharem às lojas.

Em Campina Grande, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-CG) emitiu nota afirmando que não se opõem ao movimento, mas que "defende a sobrevivência da economia e a manutenção dos empregos, razão pela qual, não considera minimamente coerente fechar o comércio quando a cidade ainda recebe turistas devido aos festejos juninos".

Educação

Na educação, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB) confirmou que as escolas estaduais irão parar nesta sexta, deixando os alunos sem aulas.

A Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB) afirmou que promoveu uma convocatória para que os professores dos campi de João Pessoa e Litoral Norte participem da movimentação, já que estão em recesso acadêmico.

Também vão participar da paralisação professores e servidores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), como informou a Associação dos Docentes da UEPB (ADUEPB) e a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande (ADUFCG).

Confira o momento em que os manifestantes queimam pneus na Avenida Tabajaras:


Relacionadas