quarta, 23 de setembro de 2020

Estilo
Compartilhar:

Trace metas e faça delas um objetivo de vida em 2017

Lílian Moraes / 31 de dezembro de 2016
Foto: Divulgação
Todo início de ano repetimos o mesmo ritual. Fazemos promessas, traçamos planos e metas que desejamos alcançar ao longo do ano que se inicia, seja emagrecer, voltar a estudar, parar de fumar, fazer exercícios físicos, passar mais tempo com a família ou até mesmo curtir mais a vida. É o momento em que paramos para pensar em tudo o que fizemos no ano que está indo embora, em tudo o que prometemos fazer e vemos o que deu certo e o que deu errado. É quando renovamos algumas promessas não-cumpridas e fazemos outras, para o ano que se inicia.

Para a psicóloga Mônica Dias Palitot, quem quer conquistar alguma coisa precisa antes estabelecer metas, que devem ser, de preferência, bem definidas, motivadoras e que acenem com perspectivas de benefícios diretos para quem as traça. Ela explicou que, dessa forma, fica muito mais fácil para as pessoas realizarem as ações necessárias para que essas metas, que podem mudar a vida de forma positiva, se tornem realidade.

“Estabelecer metas e planos para o próximo ano, que muitas pessoas encaram como simples promessas de fim de ano é uma boa forma para tornar sonhos em realidade. A realização dessas metas exige trabalho diário e muita persistência de quem as estabelece, para que elas não sejam postas de lado e esquecidas com o tempo”, disse Mônica.

“Muitas vezes é frustrante ver que, ano após ano, as metas são as mesmas, contudo é preciso ter sempre em mente que a motivação, acreditar em si mesmo e não subestimar o seu potencial, as suas qualidades são de extrema importância para não se sempre colocar metas possíveis de serem alcançadas. Digamos se quero fazer uma especialização, então eu vou pensar que tipo de cursos, o que é importante para a minha área, quais as instituições poderiam abrir o curso e então além do desejo começar a planejar isso de forma objetiva e realmente buscar isso”, ensina.

De acordo com a psicóloga, é importante se comprometer consigo mesmo e aliar a vontade de fazer ao planejamento. “Uma meta muito comum: perder peso. Mas precisa mudar hábitos alimentares. Ir ao nutricionista e depois um psicólogo para trabalhar a compulsão e, ainda fazer alguns sacrifícios de não beber tanto no final de semana e não sair tanto para comer”, explica.

De acordo com Mônica Dias Palitot, o ano novo significa recomeço. “A realização de uma lista de metas é interessante. Pode ir consultando todos os meses para ver se estou no caminho daquilo eu planejei. Porque muitas vezes a gente deseja algo, mas é um desejo e não o objetivo. Uma coisa é o desejo outra é o objetivo. Esse planejamento pode começar com a elaboração dessa lista. O que pretendo para 2017?



Primeiro fazer uma lista das minhas prioridades e segundo uma lista das possibilidades. Começar a planejar a partir de janeiro o que eu preciso fazer para alcançar até o final do ano as minhas metas e ver isso de forma menos emocional e mais prática. Ter uma elaboração de uma meta. Quem vai fazer concurso que planejar, tem que ter disciplina tem que ter o sacrifício das horas. Mas isso tem que ser um objetivo e um objetivo de vida e a partir disso buscar essa motivação interna sempre acreditando ser possível”, explica a especialista que é doutora em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba.

A especialista falou que ter metas e objetivos para o Ano Novo, bem como para os demais meses, facilita a vida das pessoas e mesmo que, por mais que possam parecer perda de tempo para alguns, gastar um pouco de tempo para traçá-las, é um investimento muito rentável, pois elas não nos deixa caminhar a esmo, sem um rumo definido.

O costume de se fazer pedidos no início de cada ano é justificado pela necessidade que o homem tem de viver em ciclos, de demarcar espaços que estabeleçam a noção de término e recomeço. Além disso, a passagem de ano é vista como o nascimento de uma nova vida, a esperança de poder repetir os sucessos e consertar os erros cometidos ao longo do ano. É uma época mágica, onde podemos recomeçar do zero.

O coach Juniere Medeiros conta que já fez a sua lista com as metas para o próximo ano. “ É muito importante traçar metas e objetivos. Você sabia que apenas 3% das pessoas fazem isso? Em 1953  pesquisadores da universidade ameriana de Yale, fizeram um estudo e entrevistaram 100 alunos de QI diferentes e fizeram a seguinte pergunta: qual suas Metas e Objetivos para os Próximos 10 anos? Só três tinha no no papel metas claras de futuro... 20 anos depois desses 100 alunos  os três valiam mais que os 97 em termos financeiros e na qualidade de vida”, revela.

“O que motiva as pessoas a sair de um estado atual para um desejado São exatamente as metas que colocam em um papel”, ensina o especialista. “Consigo a maioria das metas. E a que não consigo, eu realinho e vejo o que impediu e traço outro plano de ação pra realizar o objetivo! Elimino tudo que me sabotou pra alcançar o objetivo”, ressalta o especialista.

- A dica que eu dou eu fazer uma Meta SMART:

1-Específica

2-Mensurável

3-Atingível

4-Relevante

5-Temporal

Metas possíveis



Para Juniere Medeiros, é sempre interessante colocar uma meta desafiante mas que seja possível. “Você pode começar com submetas menores até alcançar o objetivo principal”, ensina. Ele fala da importância de anotar os planos. “Documentar listas é o que motiva as pessoas a saírem do estado atual e traçar um plano de ação pra alcançar um estado desejado. Tira literalmente da zona de conforto. É preciso estabelecer prazo para as metas”.

“A passagem de ano é mágica, pois entendemos que ela é um momento de renovação e de esperança de que a vida melhore e se torne mais feliz, mais tranqüila. Por isso, a maioria das pessoas faz promessas nessa época, o que é natural e até bom, já que as impulsiona a lutar por coisas e situações que, com certeza, farão bem à vida delas, como o caso das pessoas que prometem parar de fumar ou beber e se divertir mais no ano novo”, explicou a advogada e consultora de carreiras, Isabelle Serrano, que já preparou sua lista com as metas para 2017. “Já anotei as minhas metas para o próximo ano e vou conquistar todas”, ressalta.

Ela disse que a melhor maneira de se cumprir as metas estabelecidas é organizar o tempo e fazer um planejamento que possibilite a realização de todas elas ou, se possível, da maioria. “Apesar de muitas promessas de ano novo não chegarem a ser realizadas, ainda assim quem as faz se sente levado a repeti-las no outro ano, até alcançar o que se deseja. É preciso estabelecer metas, ser objetivo e realista, sempre de olho nos prazos definidos”, disse.

“Para tudo traçamos metas. Para emagrecer, para ganhar massa magra, para ganhar dinheiro e até pra gastar  Anoto tudo  Mas não apenas o que desejo mas também o que não desejo mais, como aprender a renunciar manias, vícios, hábitos não saudáveis a mente ao corpo e ao espírito são metas minhas também. Confesso que alcancei muitas das minhas metas de vida mas este e o segredo das "metas" em minha opinião as vezes o mais difícil e manter o que construímos o que conquistamos e não apenas atingir a meta”, explica Isabelle.

No entanto, é necessário ter em mente que não há uma regra definida para transformar essas promessas e planos em realidade, já que cada caso é único. Então, a ordem é organizar a mente para que tudo saia do jeito que planejamos. “Organização é a palavra-chave para se alcançar o que tanto se deseja, seja na vida pessoal, profissional ou social. Sem ela, tudo fica mais difícil. Uma mente bem organizada consegue separar o real e o possível, dar prioridade às necessidades e ter disciplina e paciência para não deixar as coisas pela metade ou simplesmente abandoná-las.

Muitas promessas acabam sendo esquecidas



Entretanto, muitas promessas feitas acabam sendo esquecidas. Seja por falta de atenção e vontade, no caso daqueles que as fazem por impulso, ou por pura falta de tempo de quem as prometeu.

No entanto, fazer as promessas apenas não serve de nada. As pessoas devem correr atrás e quando alcançar esse sonho, buscar ir mais além, para manter o benefício que conquistaram. Um bom exemplo é o caso de uma pessoa que deseja emagrecer 10 quilos em 2017. Ela faz dieta e exercícios e consegue alcançar o peso desejado. Mas, após isso, ela não faz mais nenhum esforço em manter essa conquista e volta a ser sedentário e a comer acima do necessário. Como resultado, acaba engordando os 10 quilos novamente e volta a se incomodar com seu peso, até que o ano termina e ela promete emagrecer novamente no próximo ano, virando refém de um circulo vicioso.

É necessário, portanto, ter em mente que não há uma regra definida para transformar essas promessas e planos em realidade, já que cada caso é único. Então, a ordem é organizar a mente para que tudo saia do jeito que planejamos. “Organização é a palavra-chave para se alcançar o que tanto se deseja, seja na vida pessoal, profissional ou social. Sem ela, tudo fica mais difícil. Uma mente bem organizada consegue separar o real e o possível, dar prioridade às necessidades e ter disciplina e paciência para não deixar as coisas pela metade ou simplesmente abandoná-las”, explica Isabelle Serrano.

Dicas para realizar seus objetivos com mais facilidade

* Pense positivo. Em vez de pensar o que não quer, mentalize o que você realmente quer e deseja realizar na sua vida;

* Invista em você todos os dias: o maior erro das pessoas é colocar quase toda a sua energia para cuidar dos outros, seja na empresa, casamento e família. Crie um tempo para você, suas amizades, seu lazer;

* Tenha metas claras e defina prioridades: os seus objetivos vão ajudar a manter o foco e evitar o desperdício de tempo, energia e dinheiro;

* Seja organizado: trace estratégias e classifique suas atividades diárias em mais importantes ou menos importantes e mais urgentes ou menos urgentes. Usar agendas pode ajudar;

*Procure colocar prazos nos planos. Sem uma data definida fica mais fácil relaxar e acabar deixando a promessa ou a meta traçada para o outro ano;

* Saiba tomar decisões, mesmo as antipáticas, só assim, você otimizará seu tempo e trabalho. Livre-se dos maus hábitos e não deixe para depois tarefas de que não gosta muito;

* Seja realista. As metas traçadas precisam estar sempre dentro das suas possibilidades, para que você as alcance com mais facilidade;

* Pense em metas que agradem e tragam benefícios para você e não aquelas que os outros desejam que você faça. Assim fica mais fácil se entusiasmar e alcançar os objetivos traçados;

* Avalie os propósitos para ter certeza de que não prejudicará outras pessoas;

* Seja objetivo nas suas metas e planos;

* Seja simples: retire de sua vida tudo o que lhe dê trabalho e preocupação desnecessários.

Relacionadas