quinta, 03 de dezembro de 2020

Geral
Compartilhar:

Diante da crise, é preciso saber lidar com as consequências de planos não realizados

Ainoã Geminiano / 03 de janeiro de 2016
Foto: Divulgação
Depois das festas de fim de ano, é hora de começar a executar o que foi proposto para 2016. Apesar de especialistas alertarem que as festas não são momentos adequados para novos planos, é um hábito inevitável. E alguns desejos podem não ser realizados, causando frustração, descrédito ou até depressão.

Muita gente está aflita com o que acontecerá neste ano e não é pra menos. São tantas crises. Uma pesquisa divulgada este mês revelou que a maioria dos brasileiros acha que o país piorou nos últimos dez anos e que não vai melhorar nos próximos dez. A maioria dos entrevistados está revoltada ou decepcionada com a situação do País e preocupada com o futuro.

Embora quase a metade dos entrevistados ache que os governos não estão fazendo nada, principalmente, para resolver a crise dos recursos naturais, quase 30% (a maior parte) disseram que amam viver no Brasil e muitos acham que podem contribuir para o País vencer os desafios com o voto consciente e as mobilizações nas ruas, em fóruns e nas redes sociais.

E esse é o espírito de muitos paraibanos, que acreditam que irão encontrar um jeito de vencer as adversidades previstas para 2016. Mas, precisam saber se planejar para isso.

Leia a reportagem completa no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas