quinta, 28 de janeiro de 2021

Geral
Compartilhar:

Diálogo é solução contra traição, diz psicólogo

Francisco Varela Neto / 21 de julho de 2017
Foto: Francisco Varela Neto
A traição em relacionamentos entre pessoas é um tema que sempre esteve presente na sociedade. Os motivos pelos quais isso acontece é que dividem opiniões. Existiria alguma explicação científica para infidelidade ou isso acontece por um desvio de caráter da pessoa que está traindo? De acordo com o psicólogo Marcos Lacerda, as explicações científicas sempre tendem a defender o lado masculino, mas, segundo ele, o verdadeiro motivo das traições é a falta de verdade nos relacionamentos. Comente no fim da matéria.

"As explicações científicas são muito machistas normalmente. Vão dizer que é porque a natureza do homem, a biologia do homem, que ele tem que se reproduzir e sair com muitas mulheres... Papo furado! As pessoas traem porque elas não conseguem ser verdadeiras", afirmou.

Segundo o psicólogo, o diálogo é o principal remédio para evitar uma traição. De acordo com ele, é de suma importância que haja sempre uma conversa entre o casal, no intuito de entender qual é o melhor caminho que a relação deve tomar.

"E nada resolve mais traição do que diálogo. Se você não está bem com a pessoa que você ama, seja por qualquer motivo, você estaria afim de sair com outra pessoa? Está se sentido atraído por outra pessoa? Esse sentimento é natural. O que você precisa se perguntar é: o que é que eu vou fazer com isso? Então converse com a pessoa que você está, discuta e encontre qual é o melhor caminho para vocês", orientou o psicólogo.

Na opinião de Marcos, a verdade deve sempre prevalecer, tendo em vista que não faz sentido estar com uma pessoa se existem mentiras no relacionamento.

"Agora acho que não vale a pena e não tem sentido eu dividir a cama com alguém e não poder ser eu mesmo. Mentir é não poder ser você mesmo e aí fica muito ruim. A gente já tem que mentir em muitos lugares da vida; dentro da casa da gente não é legal", afirmou.

O psicólogo não acredita que exista uma diferença sentimental para quem foi traído, seja homem ou mulher. "Não acredito. Há uma visão romântica a esse respeito de que as mulheres vêem sexo de um jeito, e homem vê sexo de outra forma", disse.

Ele explicou que os desejos do ser humano existem tanto em homens quanto em mulheres, por isso é preciso esquecer a ideia de que homem trai mais do que mulher.

"Mas eu insisto sempre em dizer isso que eu digo: se todo homem é safado, se todo homem trai, se todo homem gosta de sexo e se as mulheres são românticas e não traem e não gostam de sexo, com quem os homens estão traindo? Homens e mulheres são iguais em termos de desejo. Homens e mulheres desejam as mesmas coisas. Então se os homens traem, eles traem com mulheres, porque as mulheres sentem as mesmas coisas que os homens", finalizou.


Relacionadas