sábado, 28 de novembro de 2020

Geral
Compartilhar:

Cuidado com os exageros nas confraternizações

Redação / 19 de dezembro de 2015
Foto: Divulgação
O mês de dezembro, além de comemorar as festas de final do ano, também é o período em que as empresas costumam confraternizar com os funcionários. Em clima de celebração e festejos, muitas pessoas acabam se excedendo, exageram nas bebidas e nas brincadeiras, o que pode prejudicar a sua carreira dentro da empresa e, até mesmo, causar a perda do emprego.

De acordo com a psicóloga do Hapvida Saúde, Lívia Vieira, é fundamental que as pessoas tenham consciência de seus atos e de que estão sendo observadas constantemente. “Em confraternizações de empresa, o indivíduo precisa levar em conta que qualquer ato errado pode lhe acarretar consequências irreversíveis.”

Por causa disso, é necessário que os funcionários mantenham um comportamento adequado para a situação, sem exceder na ingestão de bebidas alcoólicas e nas brincadeiras de mal gosto. No entanto, caso uma situação de constrangimento aconteça durante a confraternização, a psicóloga orienta a assumir o erro. A especialista explica que esse comportamento deve ser seguido também pelas pessoas que ocupam cargos de chefia, tendo em vista que a exigência com elas é ainda maior.

“A pessoa precisa ser autossuficiente para assumir o erro e as consequências. Talvez em reunião com a equipe ou se redimir de forma individualizada, se retratar, pedir desculpas e garantir que o deslize não se repetirá. É necessário demonstrar a competência e profissionalismo, e realizar o trabalho de forma digna”, recomenda.

Além disso, é preciso também ter atenção com as roupas e com a maquiagem utilizada nas festas de trabalho. Segundo Marcos Costa, maquiador da Natura, nessas ocasiões a dica é seguir as mesmas orientações do dia a dia da empresa. “Embora não seja regra, nessa ocasião, é preciso entender que também se está no trabalho, porém, em situação diferente do cotidiano. Então, a maquiagem deve estar de acordo com a que é utilizada no dia a dia”, aconselha. Segundo ele, se for uma empresa mais tradicional, como escritórios de advocacia e hospitais, deve-se optar por tons leves, já quem trabalha em um lugar sofisticado, ou lojas mais modernas, pode abusar dos tons.

Relacionadas