domingo, 17 de janeiro de 2021

Concurso
Compartilhar:

Sem receita pronta, concurseiro tem que traçar plano de estudo

Lílian Morais / 05 de junho de 2016
Foto: Infográfico/José Flávio
Passar em um concurso público e o sonho de muitos brasileiros. Afinal, ter a tao sonhada estabilidade e um salário alto não e facil na empresa privada. “Quando estratégias adequadas entram em jogo, o tempo rende e o estudo, geralmente, é mais frutífero em termos de produtividade”, explica a consultora de carreiras Isabelle Serrano

De acordo com Isabelle Serrano não existem receitas prontas para passar nos concursos públicos e que é preciso muita dedicação nos estudos para trilhar uma carreira de sucesso. “Não existe uma fórmula mágica para ser aprovado nas provas. Os exames são difíceis e muitos candidatos começam a se preparar com antecedencia de um ano ou mais”, explica Isabelle.

A especialista explica que traçar um plano de estrategias e fundamental. De acordo com Isabelle Serrano, ninguém passa por sorte. “Deve haver organização, disciplina, estudo estratégico do que mais cai em prova”, ensina .“Apesar de não existir um programa pronto de sucesso na preparaçao dos concursos publicos, mas as de fracasso se repetem.”

Passar em um concurso publico e o sonho de muitos brasileiros. Afinal, ter a tao sonhada estabilidade e um salario alto não e facil na empresa privada. “Quando estratégias adequadas entram em jogo, o tempo rende e o estudo, geralmente, é mais frutífero em termos de produtividade”, explica

De acordo com Isabelle Serrano não existem receitas prontas para passar nos concursos publicos e que e preciso muita dedicaçao nos estudos para trilhar uma carreira de sucesso.

“Nao existe uma formula magica para ser aprovado nas provas. Os exames são difíceis e muitos candidatos começam a se preparar com antecedencia de um ano ou mais”, explica Isabelle Serrano.

CONFIRA OS ERROS NA HORA DE ESTUDAR

1. Falta de estratégia

Sem organização e estratégia, a vitória vira um fator de sorte. E isso não existe quando a “competição” é um concurso público.

2. Estudar nervoso ou ansioso

A ansiedade é uma inimiga cruel. Na hora da prova, estes sentimentos podem desestabilizar do candidato. Na preparação, compromete a concentração e produtividade do concurseiro.

3. Não desvendar o estilo da banca -Cada banca examinadora tem seus “fantasmas”. Ignorar que existam estilos e orientações diferentes entre elas é um erro.

4. Exagerar na maratona de estudos - Não adianta tentar estudar todo o conteúdo programático de um concurso em um só dia. O ideal é montar um cronograma.

5. Dedicar-se a concursos de linhas diferentes ao mesmo tempo

Áreas fiscais, tribunais, carreiras policiais. Não é estratégico abraçar varios concursos públicos de uma só vez. Candidato sem norte resulta em concurso perdido.

6. Não “estudar” o edital

“Não ler o edital é o maior, e mais primário erro de qualquer pessoa que queira se dedicar a uma carreira pública”, diz Sergio Camargo, professor e advogado especializado em concursos.

7. Fugir do conteúdo programático do concurso

Tempo vale ouro, principalmente em se tratando de concurso publico. “Concentre-se no programa do concurso”.

Segredos para não repetir os erros nas provas

Relacionadas