quarta, 25 de novembro de 2020

Geral
Compartilhar:

Após duas medalhas de ouro no Parapan, Petrúcio Ferreira quer brilhar nas Olimpíadas

Raniery Soares / 20 de dezembro de 2015
Foto: Washington Alves/CPB
As Paralimpíadas do Rio, de longe, podem ser a maior oportunidade do paratleta radicado na Paraíba, Petrúcio Ferreira, em relação a sua precoce (mas, vitoriosa) carreira no paradesporto nacional. Após um ano com duas medalhas de ouro no Parapan em Toronto, mas com uma lesão que o deixou fora do Mundial no Qatar, ele agora terá a oportunidade de mostrar a sua velocidade em casa e continuar sendo uma das promessas atuais do paratletismo até as próximas gerações.

Petrúcio vai integrar a seleção brasileira de atletismo, que foi convocada na última semana pelo Comitê Paralímpico do Brasil (CPB). Feliz com a novidade, ele garante que desde o Mundial Paralímpico, o paratleta tem se dedicado ao acompanhamento da lesão e principalmente focado nos treinos, para repetir o bom momento vivido no Canadá.

“Todos sempre querem conquistar títulos e o meu pensamento não é diferente. Terei esta nova oportunidade de integrar a seleção brasileira de atletismo e sei que a briga por medalhas no Rio não será nada fácil, assim como não foi no Canadá. Mas, estamos confiantes de que os bons resultados vão vir, se Deus quiser”, disse.

Leia a reportagem completa no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas