quinta, 25 de fevereiro de 2021

Geral
Compartilhar:

Aeroporto Castro Pinto entra na lista de novas concessões para empresas privadas

Redação / 09 de agosto de 2017
Foto: Reprodução
O conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) deverá analisar no dia 23 de agosto a proposta de concessão à iniciativa privada de 19 aeroportos que hoje estão sob administração da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Na lista, está o Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, que serve João Pessoa. Segundo o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, esses aeroportos devem ser leiloados em blocos, que terão terminais superavitários e deficitários. No Nordeste, deverão ser incluídos os aeroportos de Recife, Maceió, Teresina, São Luís, João Pessoa, Aracaju, Petrolina (PE) e Juazeiro do Norte (CE). No Centro-Oeste, devem entrar os terminais de Cuiabá, Sinop, Barra do Garças e Alta Floresta, todos em Mato Grosso. Já no Sudeste, devem ser incluídos os aeroportos de Santos Dumont, no Rio de Janeiro, de Vitória, Macaé (RJ), Jacarepaguá(RJ), Campo de Marte (SP) e o aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Ferrovia.

Na audiência pública, o secretário de Fomento e Parcerias do ministério, Dino Antunes Dias Batista, disse que a construção da Ferrovia Bioceânica, entre Brasil e Peru, depende de um acordo entre os países. Segundo ele, o principal problema é que o Peru quer que a ferrovia passe por uma região que está a quatro mil metros de altitude, politicamente importante para o país, o que custaria R$ 20 bilhões a mais do que a rota sugerida pelo Brasil.

Relacionadas