sábado, 23 de março de 2019
Geral
Compartilhar:

OSMJP apresenta obras de Mozart e Tchaikovsky no Centro Ariano Suassuna

Clóvis Roberto / 04 de agosto de 2018
Foto: Divulgação
O violonista canadense Guillaume Tardif se apresenta neste sábado (4), juntamente com a Orquesta Sinfônica Municipal de João Pessoa, que terá regência do maestro Laércio Diniz. É o quarto concerto oficial da temporada 2018 que terá no programa obras do austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) e do russo Piotr Ilytch Tchaikovsky (1840-1893).

Na apresentação, a OSMJP vai executar duas das obras mais importantes e conhecidas do repertório erudito, a “Sinfonia 40”, de Mozart, e o “Concerto para violino e orquestra”, de Tchaikovsky. O maestro Laércio Diniz ressalta que as duas obras “entraram para o gosto do público tanto pela beleza como pela profundidade que elas nos trazem”.

O concerto será aberto com a “Sinfonia nº 40 em sol menor, K 550”, de Mozart. Escrita durante o verão de 1788, esta obra tornou-se um dos principais modelos para a música sinfônica do século XIX, tendo influenciado Beethoven e Schubert dentre outros compositores.

Depois a OSMJP vai executar o “Concerto para violino e orquestra em Ré Maior. Op. 35”, de Tchaikovsky, que terá como solista convidado, o violinista canadense Guillaume Tardif. O “Concerto para violino” do compositor russo, escrito em 1877 – em apenas um mês – é considerado um dos mais difíceis escritos para o violino.  A apresentação é uma parceria da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) com o Tribunal de Contas (TCE-PB).

O solista. Guillaume Tardif é Doutor em Música pela Eastman School e professor associado e coordenador da área de cordas do Departamento de Música da Universidade de Alberta, Canadá. Como solista, se apresentou com inúmeros conjuntos orquestrais, como a Filarmônica de Lima, a Orquestra do Teatro São Pedro, a Orquestra de Câmara Reményi e a Mesa Symphony, e também com artistas ilustres no Canadá e no exterior.

Relacionadas