sábado, 19 de setembro de 2020

Geral
Compartilhar:

43 Postos de Saúde à espera de médicos na Paraíba

Ainoã Geminiano Com assessoria / 19 de abril de 2016
Foto: Arquivo
No País, serão ofertadas mais 1,4 mil vagas a médicos com CRM do Brasil, e, em caso de não preenchimento total, para brasileiros formados no exterior.

Os 25 municípios paraibanos onde faltam 43 médicos têm até amanhã para aderir ao programa do Governo Federal e ter a chance de garantir assistência a seus moradores. Ontem, o Ministério da Saúde divulgou a lista das cidades com essa dificuldade, mas os editais para reposição de vagas que sobraram da última seleção, realizada em janeiro, foram publicados desde a última sexta-feira. É uma nova oportunidade para adesão das prefeituras.

O secretário de Gestão do Trabalho e de Educação da Saúde do MS, Hêider Pinto, disse que a possibilidade de novas adesões é destinada a cidades que, por algum motivo, acabaram não ingressando no programa, na chamada anterior. “Nós estamos dando esta nova oportunidade para municípios conseguirem expandir o atendimento de qualidade à população na atenção básica. Além disso, municípios cujos médicos saíram do Programa poderão repor este quantitativo”, explicou.

Para a concessão de vagas a novos municípios ingressantes serão obedecidos critérios já definidos anteriormente em resolução, como a estimativa da população que necessita ser coberta pela atenção básica, a quantidade de equipes necessárias para atendimento de 100% da população com maior prioridade, o teto de financiamento do Ministério para equipes de Saúde da Família e a infraestrutura física das unidades básicas de saúde.

Todos os municípios que tiverem vagas ociosas ou aqueles municípios interessados em ingressar no programa deverão realizar ou renovar adesão por meio do sistema de gerenciamento do Mais Médicos, até hoje. O número exato de vagas para reposição só será definido após a confirmação das prefeituras, de quantas vagas desejarão preencher. Já o número de postos destinados aos novos municípios ingressantes está limitado ao quantitativo máximo de vagas atualmente no Programa Mais Médicos.

Prazo para profissionais. Os médicos brasileiros, com registro no país, interessados em ocupar uma das 1,4 mil vagas devem se inscrever pelo sistema do Mais Médicos, entre os dias 15 e 22 de abril. Os inscritos deverão escolher os municípios entre 27 e 28 de abril e a previsão é que os selecionados iniciem as atividades em 16 de maio. Caso ainda restem vagas, serão abertas as inscrições para brasileiros formados no exterior.

Reposição. O Ministério da Saúde faz a reposição periódica de todas as desistências, por meio de editais. No primeiro edital de reposição, em julho de 2015, foram ofertadas 276 vagas. No segundo, em outubro de 2015, 326, e no terceiro, em janeiro de 2016, 1.173. A tendência é que o número de vagas desocupadas se relacione com os períodos em que os médicos completem seus períodos de atuação.

Mais Médicos. Criado em 2013, o Mais Médicos ampliou a assistência, fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. A iniciativa também prevê ações de infraestrutura e expansão da formação médica.

 

Leia Mais

Relacionadas