sexta, 27 de novembro de 2020

Esportes
Compartilhar:

O adeus a Fernando Heleno: esporte paraibano de luto

Raniery Soares / 05 de fevereiro de 2016
Foto: Rafael Passos
Familiares, fãs e amigos se despediram na tarde de ontem do jornalista esportivo Fernando Heleno Duarte. O velório e sepultamento aconteceram no cemitério Parque das Acácias, em João Pessoa, regados por muitas lembranças e histórias contadas pelos que viveram com o ‘Comentarista Autêntico’, que marcou época na radiofonia do Nordeste.

Pernambucano de nascimento, Fernando Heleno adotou a Paraíba nos anos 70 como lugar para viver e construir a sua família. Casado com a ex-vereadora da Capital, Paula Frassinete, ele deixa um filho (Fernando) e três netos (Dennis, Thalita e Thainá). Na comunicação, Heleno começou a sua carreira na rádio Olinda e na Paraíba teve passagens pela Arapuan, CBN, Correio, Miramar, O Norte e Sanhauá, além da TV Correio.

Ainda relacionado ao universo esportivo, Heleno foi presidente do Botafogo por três meses, em 1996, mesmo cargo que ocupou estando à frente da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba (Acep). Quando estava fora dos microfones, atuava como professor do Centro de Ciências Jurídicas da UFPB e ainda foi funcionário na Prefeitura do Recife.

Colega de trabalho e amigo de Fernando Heleno, o radialista Wellinton Alves foi um dos que lamentou a morte do cronista esportivo. “Uma grande lacuna fica agora no rádio esportivo não só da Paraíba, mas também do Nordeste. Grande figura humana, amiga e principalmente um verdadeiro profissional que perdemos”, disse.

Através de nota, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) decretou luto de três dias e o presidente Amadeu Rodrigues adiantou que solicitará, através do departamento técnico, o pedido de um minuto de silêncio na rodada de amanhã.

Relacionadas