quarta, 20 de janeiro de 2021

Campinense
Compartilhar:

Ney da Matta ganha dois reforços para o ataque do Campinense

Marques de Souza / 13 de abril de 2017
Foto: Ascom/Campinense
Campinense - Sillas e Victor
Faltando apenas uma rodada para o final da primeira fase e já classificado para a semifinal do Campeonato Paraibano, o Campinense se reforçou em “dose dupla” no setor ofensivo. Os atacantes Sillas, de 21 anos e Victor, de 20, já estão integrados com o grupo na Toca da Raposa e ontem, participaram do treino técnico realizando em Galante, distrito de Campina Grande.

Sillas, que já trabalhou com o técnico Ney da Matta, foi revelado nas categorias de base do Bahia, e teve passagens no futebol português e no Vitória, onde foi campeão da Copa do Nordeste Sub-20 e vice-campeão Brasileiro Sub-20. No futebol profissional, no ano passado, o atleta estava no Boa Esporte onde foi do inferno ao céu: rebaixado no estadual e campeão da Série C do Brasileirão.

“Meu empresário me comunicou que havia o interesse do Campinense e não pensei duas vezes. Vim ajudar a equipe nos objetivos desse ano. Eu já havia trabalhado com o Ney da Matta, conheço a forma dele trabalhar, e isso ajudou na minha vinda”, afirmou Sillas.

Já Victor retorna de empréstimo. O atleta fez toda a pré-temporada na Toca da Raposa, e foi cedido há dois meses ao Tricordiano-MG, quando disputou a elite do Campeonato Mineiro. Os atletas fazem parte do planejamento para a reta final do campeonato estadual e para a Série D do Campeonato Brasileiro. No Campinense, Sillas e Victor vão disputar uma vaga na equipe titular com outros seis atacantes: Augusto, Reinaldo Alagoano, Maranhão, Casagrande, Léo Ceará e Tiago Orobó.

“Fui pegar um pouco de ritmo, de experiência. Estou bem fisicamente. Pretendo ter mais oportunidades e quero dar o meu melhor para a torcida do Campinense”, disse Victor.

A diretoria rubro-negra agora trabalha na regularização dos dois atletas para a seqüência da competição estadual. O próximo desafio da Raposa é no domingo, contra o Paraíba de Cajazeiras, já rebaixado, pelo último jogo da primeira fase. O Campinense aguarda a definição do seu adversário nas semis, que pode ser Treze, Atlético-PB, Auto Esporte ou Serrano.

Relacionadas