segunda, 16 de julho de 2018
Esportes
Compartilhar:

Nacional de Pombal vai ao TJD-PB por conta de gol irregular

Franco Ferreira / 15 de agosto de 2017
Foto: PAULO COSTA/TV CORREIO
Com gol irregular, o Nacional de Patos venceu a estreia do Campeonato Paraibano da Segunda divisão diante do Nacional de Pombal, pelo placar de 2 x 1, em partida realizada no último sábado, no Estádio José Cavalcanti, em Patos. O vice-presidente do clube pombalense, Caio Bezerra, destacou a irregularidade do gol e afirmou que o clube entrará com ação no Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB).

“Vamos entrar com uma ação junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paraibana de Futebol, solicitando a anulação do segundo gol do Nacional de Patos”, afirmou o dirigente do Nacional de Pombal, Caio Bezerra.

Segundo o dirigente do Camaleão do Sertão, o árbitro Diogo Roberto errou ao recomeçar a partida com apenas três jogadores do Nacional de Pombal em campo de jogo.

“Após o Nacional de Pombal marcar o gol de empate, oito jogadores foram comemorar, fora das quatro linhas, junto ao alambrado com a torcida. Mesmo assim, o árbitro reiniciou a partida, permitindo que o Nacional de Patos marcasse o segundo gol. Nunca se viu isso no futebol. Nosso time não tinha intenção de retardar a partida”, lamentou.

O ex-árbitro da Federação e CBF, Miguel Félix, que comandou o departamento de árbitros da Paraíba, considera que houve falta de bom senso do árbitro.

“O gol foi ilícito, pois a regra recomenda que, após a marcação de um gol, será necessário que os jogadores do outro time estejam no campo de jogo”, resumiu.

Leia Mais

Relacionadas