quarta, 17 de outubro de 2018
Lutas
Compartilhar:

Campina Grande realiza festival em prol de lutador

Lídice Pegado / 14 de setembro de 2018
Foto: Divulgação
Na noite de hoje, vários atletas de jiu jitsu se reunirão de forma solidária para ajudar um companheiro de combate. O lutador Paulo Maurício, 31 anos, se submeteu há três cirurgias e está há três meses sem treinar. Em prol do tratamento e recuperação, seus amigos decidiram realizar um workshop na Pirâmide do Parque do Povo sobre a arte marcial para arrecadar dinheiro e ajudá-lo.

O seminário será realizado às 19h e um dos palestrantes será o lutador paraibano Alberto Miná (foto acima). Atletas como Pezão e Lyoto Machida também deram sua contribuição ajudando a divulgar o evento em suas redes sociais e mandando vídeos para atingir ao maior número de praticantes de jiu jitsu na Paraíba.

A ideia de organizar um evento nesse nível surgiu domingo e rapidamente todos os grupos de jiu jitsu apoiaram a causa. Um dos organizadores do evento, Uziel Vale Neto, amigo pessoal e colega de trabalho de Paulo, se sente honrado de proporcionar um evento nesse nível, com o apoio de grandes lutadores, que está sendo realizado pela primeira vez e com o objetivo de praticar o bem a alguém próximo.

Segundo Uziel, a taxa simbólica cobrada permitirá que todos os amantes da arte marcial participem do seminário, adquirindo ainda mais conhecimento e ajudando ao próximo.

“A taxa é simbólica. Todos podem ajudar e participar, sentindo orgulho e alegria de ter feito o bem”, comentou o organizador.

Mais de 150 praticantes de artes marciais de toda a Paraíba estarão presentes para prestigiar o evento.  A esposa de Paulo, Elaine Pessoa, informou que o estado de saúde dele é estável e disse que toda a força vinda dos amigos está sendo crucial para o processo de recuperação dele.

Paulo se submeteu a duas cirurgias abdominais de forma equivocada e, depois de não apresentar melhoras, foram realizados exames mais precisos que diagnosticaram um tumor no intestino, precisando ser feito um terceiro procedimento cirúrgico. Desde junho, ele está sem trabalhar por conta do tempo de recuperação.

Com a organização de um aulão que mobilizou todos os professores de Jiu Jitsu de Campina Grande e atletas de nível mundial, Elaine disse que Paulo e a família estão sentindo toda a consideração e todo o amor das pessoas que estão a sua volta. Para ela, tudo isso está afetando-o de forma positiva.

“Hoje ele tem muito ânimo para enfrentar a recuperação e quem sabe algum possível tratamento que seja necessário após o resultado da biópsia do tumor. Muitas orações, mensagens e energias positivas estão chegando até nós”, disse Elaine.

Alberto Miná será um dos palestrantes. Já o lutador Pezão abraçou a causa mesmo estando distante e fez vídeos com a intenção de divulgar o aulão de hoje. Ele sente muito por não estar perto e poder participar do momento, mas garante que será um sucesso e deseja boa recuperação ao colega de combate.

Segundo Pezão, o esporte sempre proporciona muita união, apesar das diferenças de equipes e dos combates. Além da união, a solidariedade sempre faz parte da prática esportiva. Para ele, é uma imensa satisfação ajudar mesmo distante. Ele diz que até quem não treina participa só para ajudar.

“Até quem não é do Jiu Jitsu vai lá só por ter um bom coração, se inscreve para poder ajudar. O esporte faz muito isso. Somos muito unidos. Estou muito feliz por ajudar e fazer parte dessa história. Espero que Deus o abençoe e que ele se recupere logo”, falou o lutador.

Relacionadas