domingo, 16 de junho de 2019
Karatê
Compartilhar:

Um craque no karatê: Gabriel Melo quer o título mundial

Pessoa Júnior / 24 de fevereiro de 2019
Foto: Rizemberg Felipe
Um karateca vencedor e sonhador. Seu nome é José Gabriel Gonçalo Melo, que aos 16 anos tem como principal desafio em 2019 disputar o Campeonato Mundial de Karatê IKU e brigar forte pelo título de campeão. A competição está marcada para o mês de outubro, em Fortaleza-CE, mas o atleta começou a trabalhar cedo, por entender que a disputa será muito acirrada e vai reunir grandes nomes do karatê em nível internacional.

Gabriel Melo é faixa preta 2º Dan, tetracampeão brasileiro e campeão pan-americano 2018. Ele pratica o karate interestilos desde os seis anos de idade e sempre foi um menino prodígio na modalidade, se destacando desde o início da sua carreira conquistando e colecionando vários titulos.

Foi no projeto social do Centro de Ensino da Policia Militar - Karatê para Todos - voltado para crianças carentes do bairro de Mangabeira, que Gabriel Melo começou na modalidade. Desde então nunca parou de treinar e disputar competições locais e interestaduais, mostrando todo seu talento e dedicação ao esporte.

Mesmo atravessando um momento importante no karatê interestilos e apontado como uma das referências em nível nacional, Gabriel Melo ainda sente a falta de um grande patrocinador para cumprir os calendários nacional e internacional. Atualmente ele conta com o apoio da Escola Internacional Cidade Viva e o Curso Chico Viana, que cuidam da sua formação fora das atividades esportivas.

Na caminhada em busca de importantes conquistas, Gabriel Melo se espelha em Douglas Brose, considerado um dos melhores atletas competidores da atualidade no Brasil. Trata-se de referência para todos os atletas. Atualmente o catarinense Douglas Brose é o campeão mundial na modalidade.

“O Douglas Brose é um atleta completo e que serve na realidade de espelho para quem busca grandes conquistas na nossa modalidade. Ele tem excelentes qualidades e procuramos sempre acompanhar a sua carreira, comentou Gabriel Melo, após mais um treino na Academia Askai/SpaçoJLF, no conjunto Ernesto Geisel.

Uma trajetória relevante no esporte que escolheu



Gabriel Melo começou a prática do karatê em 10 de outubro de 2010, tornando-se instrutor ainda faixa roxa, em 9 de agosto de 2013. Em 16 de junho de 2015, conseguiu conquistar sua faixa preta 1° Dan. Ainda em 2015, no dia 13 de novembro, conseguiu ganhar seu primeiro título de campeão brasileiro.

Não passou muito tempo e em 2016 Gabriel Melo foi bicampeão brasileiro na Bahia. Em 2017, conquistou a medalha de ouro na primeira etapa da Copa Brasil que aconteceu em João Pessoa, e venceu também a segunda etapa que ocorreu no dia 24 de junho na cidade de São José dos Campos - SP. Somando todos os títulos, já contabilizam 14 estaduais, três títulos da Copa Brasil, e no ano de 2018 conquistou o tetracampeonato brasileiro e a faixa preta 2° Dan.

Para Jocimar Freitas, que tem uma larga experiência no karatê interestilos, o atleta caminha para tornar realidade o seu sonho de conquistar o título mundial. “Gabriel Melo é um atleta determinado, concentrado no que faz e com um talento invejável. Ele sabe muito bem das dificuldades que terá no Mundial, mas sonha com o título e tem tudo para alcançar a sua meta. Nada de impossível”, falou.



Projeto revela talentos na modalidade



Descobrir novos talentos e oferecer oportunidade com um trabalho socialvoltado para as escolas públicas do conjunto Ernesto Geisel, em João Pessoa. Assim caminha o Projeto Seleção de Base da Federação Paraibana de Karatê Interestilos (FPBKI), com treinos nas terças e quintas-feiras das 19h às 20h.

De acordo com o professor Jocimar Freitas, que é o presidente da FPBKI, os alunos matriculados têm treinamento técnico e preparação física gratuita, além de um acompanhamento sobre o rendimento na escola. “Nosso objetivo é oferecer oportunidades para que essas crianças, as vezes sem condições, possam participar da nossa atividade esportiva. A ação social tem trazido importantes resultados e nosso pensamento é ampliar o leque de atividades, sem deixar de acompanhar a formação do atleta fora do esporte”, disse.

Com a implantação do Projeto Seleção de Base, novos talentos já foram descobertos no karatê interestilos de João Pessoa. Ana Beatriz, de 17 anos e Fábio de 13 anos, atletas que já mostram habilidades com a modalidade, para a satisfação dos professores que estão participando dessas atividades, também buscando o crescimento da prática do karatê interestilos.

Atualmente o projeto tem 15 atletas dos 10 aos 17 anos. O objetivo da FPBKI é ampliar este número de alunos, em função da demanda que ganha proporção. “. Estamos trabalhando com o objetivo de viabilizar meios de aumentar o número de alunos este ano”, comentou Jocimar Freitas.

Além do Projeto Seleção de Base, o Spaço JLF, no conjunto Ernesto Geisel, oferece karatê para crianças a partir dos 4 anos de idade, com treinamento de segunda a sexta-feira. O grupo atual já passa dos 50 alunos, o que fortalece o crescimento da modalidade, conforme desejo dos professores envolvidos com o esporte e que sonham com importantes conquistas.

Relacionadas