terça, 19 de janeiro de 2021

Campeonato Paraibano
Compartilhar:

Internacional reformula time e apresenta novo técnico, além de mais 11 jogadores

Allan Hebert / 22 de fevereiro de 2017
Foto: Allan Hebert
Allan Hebert/CP Imagem
Renovação é a palavra de ordem no internacional. Após as saídas do técnico índio Ferreira, de 16 jogadores e do investidor Adir Leme, ontem foi apresentado o ‘novo’ elenco do clube, que será comandado pelo jovem Laerte Santos, de apenas 28 anos. Além dele, 11 jogadores já foram incorporados ao plantel que terá a missão de encarar o líder Botafogo, sábado, pela 10ª rodada do Campeonato Paraibano.

Do time que vinha fazendo uma excelente campanha no certame estadual, colocando o Inter na quarta colocação, com 13 pontos, os principais nomes se desligaram da equipe, preocupados com a situação financeira após a saída do investidor. Dentre eles, destaque para os meias Tiago Almeida e Birungueta e os atacantes Jó Boy e Bambam.

Apenas sete jogadores do elenco até então comandado por Índio Ferreira optaram em permanecer no clube para a sequência do Estadual. São eles: Wellington (zagueiro), os volantes Dinho, Elton e Eberson Carioca, além dos atacantes Alessandro, Júlio e Júnior Alves. A diretoria quer manter o goleiro Adson, mas ainda espera uma reposta do experiente arqueiro.

Dos novos reforços, alguns são velhos conhecidos do futebol paraibano. Destaque para o experiente volante Marcílio, ex-Botafogo, Auto Esporte e Nacional de Patos, o atacante Téo, que brilhou com a camisa do Atlético de Cajazeiras, e o também atacante Ricardinho, que acumula passagens por gigantes do futebol brasileiro como Palmeiras e Grêmio.

“A situação é boa, o time é o quarto colocado, tem nove jogos pela frente ainda, mas reformulação que já estamos fazendo vai ser difícil e nós vamos trabalhar para que tudo dê certo. Os jogadores que contratamos não são mais meninos, são atletas rodados no nosso futebol e vamos trabalhar para fazer um grande trabalho”, comentou o treinador Laerte Santos.

O presidente do Inter, Tassiano Gadelha, agora corre contra o tempo para tentar regularizar os novos atletas junto à CBF para que eles possam entrar em campo diante do Botafogo, no sábado. Vale lembrar que, na primeira rodada da competição, contra o mesmo adversário, o Colorado não conseguiu inscrever algumas peças importantes e o técnico Índio só ficou com quatro opções no banco de reservas.

Relacionadas