terça, 24 de abril de 2018
Esportes
Compartilhar:

Hegemonia paraibana: projeto de xadrez no interior alcança a marca de onze títulos

Raniery Soares / 08 de novembro de 2015
Foto: BIU DO XADREZ/ARQUIVO PESSOAL
A pequena Mãe d’Água fica na Região Metropolitana de Patos, no Sertão paraibano, distante aproximadamente 283km de João Pessoa. Com pouco mais de quatro mil habitantes, a cidade conseguiu nos últimos oito anos se consolidar como a maior referência do xadrez paraibano, emplacando a marca de onze títulos estaduais e desde então representa a Paraíba todos os anos nos Jogos Escolares da Juventude.

O projeto é capitaneado por Severino Amâncio, que prefere ser chamado de Biu do Xadrez. Enxadrista há vários anos, ele encarou o desafio de revelar talentos para o esporte, começando com um trabalho desenvolvido na Escola Municipal Manoel Nunes Trindade.

Ele garante que o bom momento que continua até os dias de hoje, mas foi iniciado em 2007 quando segundo Biu, os Jogos Escolares Estaduais começaram a respeitar os critérios de mérito esportivo.

“Na verdade, a competição passou a ser democrática, dando o direito a todas as escolas da Paraíba participarem. Diferente de outras modalidades, antes apenas os competidores de João Pessoa eram indicados para a competição nacional, sem respeitar outros trabalhos que existiam no interior. Quem vai para os Jogos Nacionais hoje, seja da capital ou do sertão, vai por puro mérito”, garantiu.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas