quinta, 19 de setembro de 2019
Botafogo
Compartilhar:

Leston chega com meta de rejuvenescer clube em todos os setores

Allan Hebert / 29 de setembro de 2017
Foto: Rafael Passos
web Leston_tecBotafogoPB_RafaelPassos-5
O ano de 2018 já começou na Maravilha do Contorno. Um dia após anunciar Leston Júnior como comandante do time na próxima temporada, a diretoria do Botafogo apresentou na tarde de ontem o novo treinador do time.

O profissional de 39 anos faz parte do novo perfil de planejamento do clube, que pretende rejuvenescer todos os setores, da comissão técnica ao elenco.

Apesar da pouca idade, o mineiro já tem alguns resultados importantes em sua carreira. Sob o comando do Tupi, de Minas Gerais, conquistou o acesso à Série B do Brasileirão, em 2015. No entanto, chega em baixa após resultados abaixo do esperado nesta temporada, em que passou pelo Villa Nova-MG e Moto Club-MA. Este último foi rebaixado à Série D, mas Leston deixou o clube maranhense logo depois da 8ª rodada.

“Não é porque neste ano os resultados das equipes por onde passei não foram o que todos esperavam que você não é um bom profissional, que você não é capacitado. Até porque a figura do treinador é só uma parte do processo. Aqui eu não tenho a pretensão de que nós vamos ganhar as quatro competições que vamos disputar e eu serei o responsável total por isso. Eu sou apenas uma parte da engrenagem”, falou o técnico na coletiva.

O primeiro compromisso de Leston Júnior no comando do Botafogo será o Campeonato Paraibano 2018, que deverá ser iniciado nos primeiros dias de janeiro. Ele ainda terá pela frente a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e a Série C do Campeonato Brasileiro.

Leston trará apenas dois profissionais consigo para completar a comissão técnica do Belo, que desde a temporada deste ano se transformou em fixa. Antônio Fernandes será o seu auxiliar técnico, enquanto Gustavo Chiroma será o preparador físico.

Dos que continuam, Austrália Morais segue como preparador de goleiros, Marcos Galgaro continua auxiliando a preparação física e Michel Luz será o analista de desempenho.

Breno Morais diz que Belo terá redução de gastos e quer elenco com novo perfil

O torcedor do Botafogo deve ver um clube diferente dentro e fora das quatro linhas na temporada 2018. De acordo com o vice-presidente do futebol do clube, Breno Morais, o novo elenco que será formado terá um perfil renovado e com um poderio financeiro mais baixo, já que os resultados dentro de campo em 2017 não ajudaram nas contas do clube.

“O investimento do Botafogo em 2018 vai ser menor do que foi em 2017. O Botafogo não teve sucesso na Copa do Nordeste, como também não tivemos em outros anos, mas em outros anos o investimento foi reposto pela Copa do Brasil. O Botafogo começou e terminou o ano com mil sócios, então, com a receita reduzida não podemos fazer loucura. Vamos continuar honrando os nossos compromissos como sempre fizemos”, explicou o cartola, que também falou sobre as mudanças que precisam ser feitas no elenco:

"Nós vamos certamente mudar o perfil do nosso time em termos de altura, em termos de porte físico, em termos de defeitos graves que nós tivemos esse ano. Se você for fazer a conta de quantos gols o Botafogo fez de cabeça foram pouquíssimos, nós não tínhamos um atleta sequer que tivesse uma boa bola parada, nós não tínhamos meias de chute, então são defeitos que precisamos corrigir", revelou.

Até o momento, o Alvinegro da Estrelas Vermelha têm noves atletas no elenco. São eles: os goleiros Edson e João Manuel, o zagueiro Válber, os laterais Carlos Renato e Luiz Paulo, os volantes Djavan, Magno e Patrick Mota, além do atacante Dico. Segundo Breno, mais uns dois atletas que fizeram parte do time na Série C ainda podem ter seus contratos renovados.

Relacionadas