sexta, 15 de janeiro de 2021

Botafogo
Compartilhar:

Saída antecipada de Dico do Náutico é boa para Botafogo

Allan Hebert / 17 de novembro de 2017
Foto: Divulgação/Náutico
A passagem do atacante Dico pelo Náutico chegou ao fim na manhã desta quinta-feira (16). Em nota divulgada no site oficial do clube pernambucano, a diretoria do Timbu confirmou o desligamento do jogador, que alegou problemas pessoais para deixar o clube. A notícia foi boa para o Botafogo, que é dono do passe do atleta, e que conta com ele para a temporada 2018.

Vale lembrar que, de acordo com as leis trabalhistas, todo profissional tem direito a 30 dias de férias. Ou seja, como Dico se desligou do Náutico no dia 16 deste mês, o atleta poderá iniciar os trabalhos com o elenco do Belo a partir da segunda quinzena de dezembro. Caso ele tivesse permanecido no clube pernambucano até o fim da Série B no dia 25, adiaria ainda mais a sua apresentação.

De toda forma, o atacante de 29 anos, que foi um dos poucos destaques do time na campanha na Série C do Campeonato Brasileiro, vai perder boa parte da pré-temporada do Alvinegro da Estrela Vermelha, que será iniciada no dia 27 deste mês. O diretor executivo de futebol do clube, Francisco Sales, alertou que será necessária uma preparação especial para o atleta.

“O Dico vai ser um trabalho diferenciado porque ele praticamente vai terminar o ano jogando, enquanto a maioria dos atletas que estamos contratando já tinha um certo tempo de inatividade. Mas acredito que para ele será até mais fácil, já que chegará na pré-temporada com um ritmo melhor. Para ele será mais um repouso para poder voltar às atividades”, explicou o cartola.

Situação semelhante vive o volante Djavan, que também pertence ao Belo e está defendendo o ABC-RN na Série B. Caso permaneça no clube em 2018, ele também terá uma pré-temporada diferenciada.

Desempenho em Pernambuco

Dico chegou ao Náutico logo após o término da participação do Belo na Série C. Durante o período, entrou em campo 11 vezes, com um gol marcado e duas assistências na conta. Quando chegou, já encontrou o Timbu em situação complicada e não conseguiu ajudar o clube a fugir do rebaixamento, queda consumada com três rodadas de antecedência.

Relacionadas