sexta, 27 de novembro de 2020

Botafogo
Compartilhar:

Francisco Sales, filho do vice Novinho, é o novo diretor executivo do Belo

Allan Hebert / 01 de outubro de 2017
Foto: Nádya Araújo/Botafogo-PB
Na tarde deste domingo (1º), o Botafogo encerrou as comemorações de seus 86 anos de fundação com uma feijoada na Maravilha do Contorno e, durante o evento, mais um nome foi confirmado para compor a diretoria do Belo. Trata-se de Francisco Sales, filho do vice-presidente Guilherme Carvalho (Novinho), e que agora cuidará da diretoria executiva de futebol do clube.

“Meu nome sempre estará atrelado ao do meu pai e é uma honra pra mim ser filho dele. No entanto, quero fazer o meu trabalho e ser conhecido como Francisco Sales, não o filho do Novinho. A pressão sempre vai existir, mas quem não sabe conviver com pressão não pode trabalhar no futebol”, falou Sales.

Francisco Sales Pinto Neto tem 23 anos e é formado no curso de Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa. Há muito tempo vivenciando o dia a dia do clube, Sales terá a missão de substituir Sérgio do Prado, que ocupou o cargo ao longo desta temporada.

“Eu encaro o desafio como uma grande oportunidade. Eu vinha me preparando há bastante tempo para estar preparado para quando surgisse a chance. Terminei o curso de Direito no final do ano passado e, desde então venho fazendo o Curso de Gestão do Futebol da CBF, curso que estou no 7º módulo e tenho alguns colegas como o ex-jogador Tinga e o presidente do Avaí”, contou o novo cartola.

A semana de aniversário foi movimentada na Maravilha do Contorno. No dia em que completou 86 anos, o presidente Zezinho Botafogo anunciou Leston Júnior como comandante do clube na temporada 2018. Na última sexta-feira, durante uma festa na casa de shows Chopp Time, o vice-presidente de futebol Breno Morais confirmou o ex-atacante Warley como novo gerente de futebol.

“Eu e o Warley estamos com fome de trabalho. Ele (Warley) está há bastante tempo no futebol, mas também vai começar em uma nova função, assim como eu. Vamos trabalhar juntos com o presidente Zezinho, o vice Novinho e o Breno para fazermos um grande trabalho”, falou.

A temporada 2017 foi decepcionante para o Alvinegro da Estrela Vermelha, apesar do título estadual. O time por muito pouco não foi rebaixado para a Série D, escapando do descenso na última rodada. Até por isso, a diretoria do Belo apostou na renovação para buscar resultados melhores nas quatro competições que terá em 2018.

Relacionadas