sexta, 26 de fevereiro de 2021

Série D
Compartilhar:

Sob protesto e gritos de ‘vergonha’, Campinense treina no CT da Bela Vista

Marques de Souza / 23 de maio de 2017
Foto: João da Paz/PB Esportes
Protesto - Torcida do Campinense 23052017 - João da Paz
O clima no Renatão não estava nada tranqüilo. Na tarde de ontem, enquanto os atletas não entravam no gramado para o treinamento, alguns torcedores se reuniam nas arquibancadas do centro de treinamento para protestar contra a má fase do time. A maior queixa da torcida era quanto à derrota no jogo de estréia da Série D quando a Raposa foi derrotada, de virada, para o Atlético-PE, fora de casa.

“Nós queremos que os atletas se entreguem mais dentro de campo, nós exigimos isso. A derrota foi vergonhosa”, esse foi o discurso de Alex Dantas, 23 anos, estudante, que também participou do movimento no Renatão. Era possível ver faixas e cartazes, além de fogos de artifício, principalmente quando as atividades foram iniciadas no campo.

O presidente William Simões lamentou a derrota, mas negou qualquer possibilidade de “racha” no grupo. “Nós estamos trabalhando. Muitas vezes a gente passa muitas coisas amargas. Não escondo que saí decepcionado. Mas sei que temos time para virar o jogo. Muitos falam que tem panelinha no grupo, isso não existe. A gente procura dar as condições de trabalho, mas no futebol tem essas coisas. Houve falhas individuais, mas com um tempo a gente corrige”, afirmou.

Para reagir, a comissão técnica trabalha com a possibilidade de, principalmente, vencer os jogos em casa que ainda restam na competição nacional. Dos cinco jogos restantes, três serão no Amigão. Se nas arquibancadas a cobrança era notável, em campo, o técnico Aílton Silva fez um treino técnico, em um espaço reduzido. A meta do treinador é diminuir os erros para que os resultados negativos, como para o Atlético-PE, não voltem a se repetir, e a paz volte a reinar na Toca da Raposa.

“O torcedor tem que levantar a cabeça e ver que foi a primeira rodada, que podemos nos recuperar dentro da competição. Eu não tenho dúvida que vamos conseguir a classificação”, disse William.

Relacionadas