quarta, 19 de dezembro de 2018
Série D
Compartilhar:

Clima frio será mais um adversário para o Treze em Caxias-RS

Lídice Pegado / 04 de julho de 2018
Foto: João da Paz / PB Esportes
Treze 03072018 - João da Paz_PB Esportes
O Treze decidirá seu rumo de 2019 fora de casa, em Caxias do Sul-RS e uma das dificuldades que o time encontrará será o clima. Acostumado a jogar em cidades com temperaturas mais altas, a preocupação da comissão técnica é fazer com que o alvinegro não sinta tanta diferença. Mesmo sabendo que esse será mais um adversário em campo, os jogadores dizem que isso não será motivo para atrapalhar o objetivo: o acesso a Série C.

“A temperatura é algo que sentiremos, mas eu, particularmente, não sentirei tanto, pois morei muito tempo em São Paulo. Passamos por muita coisa nessa temporada e creio que três ou quatro graus não vão atrapalhar quem está focado no tão sonhado acesso. Precisamos passar por cima até do frio”, contou Alex Travassos, lateral-direito do Galo.

Nem mesmo durante a noite há condições climáticas, em Campina Grande, que se aproximem da realidade de Caxias. Por isso, a comissão acredita que viajar na sexta-feira pela manhã será um fator crucial para a adaptação da temperatura corporal dos jogadores. Com o frio, é necessário mantê-los hidratados e aquecidos o tempo todo.

“A gente tem um clima mais ameno. Mas, não chega próximo ao que iremos encontrar lá. As grandes preocupações são exatamente com a questão do que vestir e como se manter hidratar, porque como a sensação do frio retira do atleta a questão da sede, você acha que está hidratado, mas não está, e por isso o frio desidrata mais o atleta. É um componente externo que trará dificuldades para nós”, disse Pedro Henrique, preparador físico do Treze.

Mesmo sabendo que o preparo físico do time é importante, Pedro ainda diz que a comissão técnica não deixou de lado o preparo psicológico. O que se pretende é poupar os atletas ao máximo, para manter o departamento médico sem jogadores lesionados, como também deixar os atletas com a ‘cabeça mais forte’ para a partida que vale o acesso.

Relacionadas