quinta, 01 de outubro de 2020

Série C
Compartilhar:

Botafogo vive o duelo mais importante do ano contra o Boa Esporte, valendo o acesso à Série B

Allan Hebert / 09 de outubro de 2016
Foto: Raniery Soares
Após três temporadas disputando a Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo pode conseguir hoje o tão sonhado acesso à Segundona. Para chegar ao objetivo, o Alvinegro da Estrela Vermelha precisa vencer ou empatar com gols no duelo contra o Boa Esporte-MG, neste domingo (09), às 11h, no Estádio Melão, pelo jogo de volta das quartas de final da competição nacional.

Para cumprir a missão, o Belo precisa passar por uma equipe que não perde há 11 jogos e ainda tem a melhor defesa da 3ª Divisão, com apenas dez gols sofridos em 19 partidas. Apesar dos bons números do rival, o clima é de muita confiança no elenco botafoguense, que não é vazado há 360 minutos.

“É o momento que a gente esperou e se preparou o ano inteiro. É um jogo muito importante para nós, para o clube, direção e a torcida, então, vamos entrar focados para conseguir o nosso objetivo que é o acesso. O torcedor pode ficar tranquilo que vamos dar a nossa vida em campo”, garantiu o atacante Carlinhos, autor do último gol marcado pela a equipe, na vitória sobre o Palmeiras, pela Copa do Brasil.

Para a partida de hoje, o técnico Itamar Schülle terá três baixas no elenco. Sapé e o atacante Rafael Oliveira, machucados, além do volante Djavan, expulso no 0 a 0 no jogo de ida, no Almeidão. O treinador faz mistério, mas deve optar por Henik ou João Paulo na vaga aberta no meio-campo.

Força

Mesmo suspenso, Djavan está em Varginha com o elenco que vai disputar a decisão.

 

Campanha do Bota na Terceirona:

Vitórias – 7

Empates – 8

Derrotas – 4

Gols marcados – 19

Gols sofridos – 13

Saldo – 6

Aproveitamento – 50,8%

 

Warley é o único remanescente do último acesso

Maior ídolo da história recente do Botafogo, o atacante Warley pode finalizar sua carreira em grande estilo. Bicampeão paraibano e um dos poucos remanescentes do título da Série D do Campeonato do Brasileiro de 2013 – André Lima é outro que fazia parte do grupo campeão, o jogador quer mais um acesso para fechar sua passagem pelo clube com chave de ouro.

“A minha expectativa é muito grande. A gente sabe que desde a minha apresentação neste retorno ao clube o objetivo era esse, de colocar o clube na Série B e eu espero que seja concretizado nesse jogo tão difícil. A gente sabe de toda atmosfera, da torcida pelo nosso acesso, então, temos que fazer uma grande partida para chegarmos ao objetivo”, contou.

Em caso de eliminação, o jogo de hoje, em Varginha, pode marcar a despedida dos gramados do artilheiro de 38 anos. Se o time conseguir o acesso, o atacante deixou no ar uma pequena possibilidade de continuar jogando.

“Aí eu vou pensar um pouco. Tive um ano muito feliz aqui, participei de todos os treinamentos, não tive nenhum tipo de lesão, fui para todas as partidas, então, é um caso a se pensar. Mas, a expectativa é mesmo encerrar colocando o Botafogo num local onde ele merecer, que é na Série B do Brasileiro”.

Ao longo de quase temporadas de carreira, o centroavante atuou em grandes clubes de futebol brasileiro, como São Paulo e Palmeiras, times do futebol europeu, com a Udinese da Itália, e ainda defendeu a Seleção Brasileira.

Relacionadas