quinta, 26 de novembro de 2020

Futebol
Compartilhar:

Richarlyson quer ajudar o Campinense a reagir na Série D

Gabriel Botto / 23 de maio de 2019
Foto: Antônio Ronaldo
Na tarde de ontem, o meia Richarlyson, que é uma das maiores contratações e apostas da diretoria rubro-negra nos últimos tempos, foi apresentado ao Campinense. Ele já integrou o elenco e treinou junto aos demais jogadores no campo do Marista. O atleta carrega consigo uma bagagem e tanto. Pelo Atlético-MG, foi campeão da Copa Libertadores. Já pelo São Paulo-SP, teve a felicidade de ser tricampeão mundial. Apesar dessa realidade, ele chegou à Toca da Raposa com os pés no chão e afirmou que não será o salvador da pátria.

“Mesmo tendo passado por grandes clubes no Brasil e na Europa, e de ter o currículo que tenho com 18 anos de carreira, não chego aqui com o intuito de salvar a pátria, afinal, futebol é coletivo e ninguém faz nada sozinho em um time. Sei da realidade e das limitações do Campinense e por isso chego aqui com a promessa de somar”, disse Richarlyson.

Depois de assegurar sua parcela de contribuição, ele também disse que está fisicamente bem e que tem treinado, mesmo passando mais de 30 dias sem competir, e que se tiver maiores dificuldades no jogo de domingo, será de entrosamento pelo pouco tempo, mas que o principal motivo que o trouxe à Raposa foi o desafio que o time tem pela frente até conquistar a vaga na segunda fase da Série D.

“Eu venho treinando mesmo tendo saído de uma competição há um mês e uns dias. Não deixei meu condicionamento de lado. O mais importante agora será focar no entrosamento, porque teremos só quatro dias até um jogo tão decisivo que é o de domingo para o Campinense, mas isso não será um grande problema. Eu adoro ser desafiado e isso me trouxe até aqui. Pela estrutura e pela grandeza que esse time carrega em seus mais de 100 anos de histórias, o lugar dele não é na Série D.

O jogador foi apresentado aos torcedores no estádio Renatão, no novo gramado do centro de treinamento que está quase pronto, prestes a ser inaugurado. O prazo de finalização da obra está programado para a primeira semana de junho.

O próximo compromisso da Raposa será domingo, ante o Asa de Arapiraca-AL, no estádio Amigão, pela quarta rodada da Quarta Divisão do Brasileirão. Nas três rodadas iniciais, o Rubro-negro só venceu e uma e perdeu duas e, por isso, precisa vencer esse jogo para continuar vivo na briga pela vaga na segunda fase da competição.

Jogo decisivo

No domingo, a Raposa recebe o Asa, em jogo que vai marcar a estreia do técnico Jaelson Marcolino no comando da equipe.

Relacionadas