quinta, 27 de junho de 2019
Futebol
Compartilhar:

Processo do Nacional de Pombal que pede a anulação do jogo de Patos chega ao TJD-PB

Franco Ferreira / 18 de agosto de 2017
Foto: Reprodução
O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB), Lionaldo Santos, deve analisar nesta sexta-feira (18), o pedido de anulação da partida entre Nacional de Patos e Nacional de Pombal ocorrida na primeira rodada da Segunda Divisão do Campeonato Paraibano.

O magistrado já adiantou que se for procedente, sua primeira medida será notificar a Federação Paraibana de Futebol (FPF) para que o resultado da partida não seja homologado. “Preciso analisar todo o processo para ter uma noção completa de como está sendo formulado o pedido. Caso atenda a Legislação Esportiva, temos que notificar a Federação para que não seja homologada a vitória do Nacional de Patos, até que o caso seja julgado”, disse.

O pedido de impugnação da partida foi encaminhado através de email para o Tribunal, assinado pelos advogados Antonio Cesar e Felipe Gomes. A diretoria do clube pombalense está confiante na denúncia. O vice-presidente do Camaleão, Caio Bezerra afirmou que o segundo gol do Nacional de Patos foi marcado de maneira irregular. Segundo o dirigente sertanejo, o árbitro do jogo Diogo Roberto errou ao recomeçar a partida com apenas três jogadores do Nacional de Pombal no campo de jogo. O caso ganhou repercussão nacional, inclusive sendo exibido nos principais meios de comunicação.

O fato acabou provocando uma nota oficial, por parte da Federação Paraibana de Futebol, garantindo que os árbitros serão afastados até tudo seja apurado. Além disso, a Comissão Estadual de Arbitragem da Paraíba determinou que o quarteto precisará fazer uma reciclagem.

Relacionadas