quinta, 06 de maio de 2021

Futebol
Compartilhar:

Prazo de inscrições para eleição da FPF termina nesta terça-feira

Raniery Soares / 19 de setembro de 2018
Foto: Rafael Passos
FPF_RafaelPassos-(1)
A primeira etapa da corrida presidencial da Federação Paraibana de Futebol (FPF) acaba nesta terça-feira (19). De acordo com o edital, os interessados na disputa têm até 18h para registrarem a chapa na sede da entidade, para o processo eleitoral que está programado para acontecer no próximo dia 29. Até o momento, apenas o advogado Eduardo Araújo está inscrito e a expectativa agora fica por conta do registro da candidatura da advogada Michelle Ramalho.

A espera pelo dia de hoje aumentou após a última quarta-feira, quando Eduardo Araújo registrou a chapa, ao lado dos vices José Moraes, Valdir Cabral e Arlan Rodrigues. Apoiado por 13 clubes e o teto do colégio eleitoral estabelecido em 19, por questões estatutárias, a eleição pode ter uma única candidatura.

Dos clubes profissionais, Eduardo tem importantes apoios como Botafogo, Campinense, Atlético de Cajazeiras, Nacional de Patos e Sousa. Além desses, ainda constam na lista Spartax, Femar e Sport Campina. Auto Esporte, São Paulo Crystal, Queimadense, Paraíba e Nacional de Pombal também assinaram a lista de apoiadores, mas como ainda estão com pendências financeiras, momentaneamente estão fora do colégio eleitoral, porém ainda podem regularizar a situação até 72h antes do pleito.

Já dos clubes amadores, ele confirmou o apoio de Avaí, Boa Vista, Força Comunitária, Portuguesa, Scorpios, Flamengo, Padré Zé, União e Atlético Pessoense.

Com relação à Michelle Ramalho, alguns clubes já sinalizaram apoio ao seu nome como Treze, Internacional-PB e Kashima. O mistério se dá porque vários apoiadores ainda estão sendo mantidos em segredo.

Outros interessados chegaram a se manifestar na condição de pré-candidatos, a exemplo do ex-árbitro Marcílio Braz, o radialista Hilomar Araújo, o ex-presidente do Auto Esporte João Máximo Malheiros, além do empresário Sandro Gomes (filho da ex-presidente Rosilene Gomes).

Nosman na mira do STJD

O nome do presidente afastado Nosman Barreiro parece que não sai da pauta de julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Hoje, ele estará presente em, pelo menos, dois julgamentos.

O primeiro envolve o Treze e a FPF, em relação à liminar que determinou a indicação do interventor João Bosco Luz para assumir o comando da entidade, devido a ausência de Nosman. Agora, a audiência servirá para saber se a liminar continua ou se será revogada.

No outro julgamento, a procuradoria da 3ª Comissão Disciplinar do STJD recorreu da punição aplicada pelo órgão à Nosman Barreiro e ao seu advogado, Benedito Vasconcelos, para que a mesma seja ampliada.

Relacionadas