quarta, 18 de outubro de 2017
Futebol
Compartilhar:

“Portões fechados não muda nada”, diz Francisco Diá

Raniery Soares / 08 de abril de 2016
Foto: Arquivo
Enquanto de um lado da Rainha da Borborema, o clima é de muito mistério, a parte vermelho e preto de Campina Grande garante que não há motivos para realizar treinos com portões fechados.

É com este discurso que o técnico Francisco Diá está preparando o Campinense para os primeiros 90 minutos do Clássico dos Maiorais, programado para este domingo, válido pela segunda fase do Paraibano.

Segundo ele, não há mistério quando se pretende levar o melhor para o campo de jogo. O comandante ainda ressaltou a importância do trabalho da imprensa.

“O nosso trabalho é feito com os portões abertos. A imprensa tem o privilégio de trabalhar e fechar o treino não afeta em nada. Todo mundo sabe como o Campinense joga, afinal eles assistiram todos os nossos jogos. A nossa equipe vai com o que tiver de melhor, por isso não há nada a esconder”, afirmou o técnico.

Leia Mais

Relacionadas