domingo, 17 de fevereiro de 2019
Futebol
Compartilhar:

Perto de completar 20 jogos pelo Belo, Piza ainda não perdeu em casa

Gabriel Botto / 12 de fevereiro de 2019
Foto: Allan Hebert
Amanhã, em partida pela Copa do Brasil, o treinador Evaristo Piza completa 20 jogos a frente do Botafogo-PB. Desde que chegou à Maravilha do Contorno, o comandante do Belo ainda não perdeu jogando dentro de casa e acumula um aproveitamento de 64,9%, com dez vitórias, sete empates e apenas duas derrotas.

Evaristo chegou ao Alvinegro da Estrela Vermelha na reta final da Série C do ano passado. Na ocasião, o Belo passava por uma fase de altos e baixos, terminando o primeiro turno da competição com 12 pontos. Piza estreou no dia 16 de junho, em um empate contra o Salgueiro-PE na primeira rodada do Segundo Turno da Terceirona, no Estádio Almeidão.

O clima entre os torcedores era de desconfiança acerca do treinador, principalmente por ser um nome pouco conhecido no Nordeste. A fase chegou a piorar na rodada seguinte

à estreia: o Botafogo-PB perdeu para o Náutico-PE por 2 a 0 na Arena Pernambuco, em uma das piores atuações na temporada. Em seguida, outro empate, contra o Confiança-SE em 2 a 2, no Batistão, em Aracaju.

Após a má fase dos primeiros jogos, finalmente veio a arrancada que, posteriormente, levaria a equipe à classificação para a segunda fase da Série C. Três vitórias e um empate nos quatro jogos seguintes, encaminhando a classificação e dando a cara do time que voltou a encantar o torcedor botafoguense.

A equipe de Evaristo Piza encaixou de vez. Com a dobradinha no meio campo com Marcos Aurélio e Clayton, além da dupla de volantes com Rogério e Rafael Jataí fechando o cerco para os adversários e o goleiro Saulo operando milagres, o Belo conseguiu apresentar um futebol que empolgava os torcedores, principalmente pelo estilo ofensivo do treinador, que logo conquistou a torcida.

O primeiro baque. Depois de conseguir a classificação para a segunda fase da competição nacional, o Botafogo-PB teve, mais uma vez, a chance de voltar à Série B do Campeonato Brasileiro. Em duas partidas disputadíssimas, o Belo deixou a classificação escapar nos instantes finais. Venceu o primeiro jogo em João Pessoa por 1 a 0 e, em Ribeirão Preto-SP, contra o homônimo paulista, aos 47 minutos do segundo tempo, levou o gol que não podia levar, e depois teve a confirmação da eliminação nas penalidades.

Reinício perfeito. Passada a dor da eliminação, o treinador foi confirmado pela diretoria botafoguense para a temporada deste ano e, com a boa notícia de conseguir manter boa parte dos atletas que jogaram na equipe em 2018. Era a previsão de uma continuidade do trabalho, à altura do que terminou no ano passado.

Dito e feito. Aos comandos de Evaristo Piza, o Botafogo-PB começou impecavelmente a temporada de 2019. Ainda invicto e com 100% de aproveitamento no Campeonato Paraibano, Evaristo Piza tem agora a missão mais importante até então: conseguir a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, jogando amanhã, contra o Operário-MS, no Estádio Morenão, em Campo Grande.

Relacionadas