terça, 24 de abril de 2018

Sexta rodada define última vaga e confrontos do mata-mata

Franco Ferreira e Marques de Souza / 30 de agosto de 2017
Foto: Raniery Soares
Estádio Carneirão - Cruz do Espírito Santo-PB - Raniery Soares
A Desportiva Picuiense terá nesta quarta-feira (30), no Estádio Amigão, o seu grande desafio na temporada. Sonhando com a classificação, o time de Picuí enfrenta o Sport Campina, precisando de qualquer resultado que não seja uma derrota para avançar à próxima fase. O adversário, líder do grupo, promete dificultar a vida dos donos da casa. A partida começa às 20h.

Desde o início do campeonato, a Picuiense sofreu com problemas extra-campo, como por exemplo, a falta de jogadores suficientes logo na primeira rodada. Logo na estreia, somente nove atletas entraram no gramado. Nas partidas seguintes, mesmo com time completo, a falta de resultados positivos continuava incomodando. “A gente confia muito na equipe. Existem as dificuldades, mas acreditamos em todas as possibilidades que existem”, declarou o técnico Hélio Cabral.

A Picuiense ainda não venceu na Segunda Divisão. Nos três jogos já disputados, foram duas derrotas e um empate, com um aproveitamento de apenas 11.1%. A luta da equipe é diretamente contra o Femar, pois caso seja derrotado, o time sertanejo se classifica. Se conseguir passar para a próxima fase, o adversário pode ser o São Paulo Crystal ou a Desportiva Guarabira.

No Sertão, os xarás Nacional de Pombal e de Patos se enfrentam antes, às 15h15, no estádio Pereirão, em Pombal. Já classificados, a disputa será apenas para ‘cumprir tabela’, pois o Pombal não tem mais chances de alcançar o Naça patoense.

O Verdão Maravilha sendo o primeiro encontrará a Perilima no mata-mata, enquanto que o Camaleão do Sertão ainda aguarda uma definição do Grupo Litoral para saber quem será o segundo colocado: São Paulo Crystal ou Desportiva Guarabira.

Decisão no Litoral

Classificado para a próxima fase da Segunda Divisão do Campeonato Paraibano, o São Paulo Crystal encerra a campanha na fase de grupos hoje com dois objetivos: se reabilitar, após ser derrotado pela Desportiva Guarabira e ao mesmo tempo, garantir o primeiro lugar no Grupo Litoral. O Tricolor encara nesta quarta-feira (30) o Spartax, às 20h, no estádio Carneirão, na cidade de Cruz do Espírito Santo.

A derrota por 2 x 0 na rodada passada acabou mexendo com o emocional do elenco, mas segundo o técnico Maia, o momento é de recuperação. “Ninguém gosta de perder, mas um dia tinha que acontecer. Está tudo tranquilo”, disse.

O Spartax, com cinco pontos, não tem muitas pretensões, pois já conseguiu a classificação para a próxima fase de maneira antecipada, como terceiro colocado do Grupo Litoral.

Na outra partida, pelo Grupo do Litoral, se para o Miramar de Cabedelo a oportunidade é apenas para cumprir tabela, a Desportiva Guarabira ainda luta por uma vitória, pensando em brigar pelo primeiro lugar da chave. O jogo acontece no CT Ivan Thomaz, às 20h, em João Pessoa.

Após cinco rodadas, o Tubarão do Porto acumula quatro derrotas e um empate, sem qualquer chance de classificação. Com apenas um ponto, o Tubarão do Porto entra em campo sabendo que não poderá superar o Spartax, que soma cinco pontos e já garantido como terceiro colocado. Além disso, já está classificado para a próxima fase.

O Azulão do Brejo, por sua vez, mesmo classificada para a segunda fase, ainda tem como objetivo: ficar com a primeira colocação na fase de grupos.

Para isso, o time alviazulino terá que vencer o Miramar e torcer por uma derrota ou um empate do São Paulo, que atua contra o Spartax.

Relacionadas